Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Expedito Mendonça

Militante trotskista há 40 anos, fundador e atual diretor do Sindsep-DF. Formado em História pela UniCEUB, membro da comissão de redação do Jornal Causa Operária e colunista do Diário Causa Operária.

Futebol pentacampeão

Controle popular para acabar com a bandalheira

Os aliciadores dos clubes nacionais de futebol lutam para se apropriar dos dividendos do esporte mais popular do país

O esporte mais popular do país, uma verdadeira paixão entre as massas populares, atravessa um momento de agudas contradições. Se dentro das quatro linhas o futebol brasileiro, pentacampeão do mundo, afirma sua condição de melhor do planeta – embora haja, por parte de setores da imprensa nacional, a chamada “crítica especializada”, uma intensa campanha para desacreditá-lo – colhendo vitórias e resultados expressivos, o mesmo não se pode dizer do que acontece nos bastidores, longe dos olhos do torcedor e até mesmo da maioria dos próprios jogadores. 

Veio a público, recentemente, através de investigações conduzidas pelo Ministério Público do Estado de Goiás, que  o resultado de seis jogos do campeonato brasileiro de 2022 estão sob suspeita de manipulação pelas máfias que exploram as casas de apostas.

Pelo que foi investigado até agora, aliciadores e manipuladores teriam assediado jogadores para conseguir resultados “arranjados”.

Embora não seja possível afirmar que os jogadores receberam benefício indevido e ilegal para adulterar os resultados, as investigações levadas a efeito, até o momento, confirmam que houve ofertas de dinheiro por parte de apostadores.

Imagens dos jogos sob suspeita, veiculadas pela imprensa televisada, evidenciam que em várias jogadas durante as partidas a conduta dos jogadores parece claramente fora dos padrões normais do que se desenrola dentro de campo. Nas imagens veiculadas se vê muito nitidamente jogadas e lances onde os jogadores envolvidos fizeram o conhecido “corpo mole”, facilitando  a conclusão de jogadas que resultaram em gol. Essa situação ocorreu em todos os seis jogos que estão sob investigação.

O fato é que se dentro das quatro linhas – conforme acima já foi dito – o futebol brasileiro colhe resultados muito positivos (nas últimas quatro edições da Libertadores só deu Brasil, com Flamengo e Palmeiras conquistando dois títulos cada um), o mesmo não se pode dizer do obscuro submundo que impera nos bastidores do esporte mais popular do país, controlado pela cartolagem corrupta ligada aos grandes grupos capitalistas que pressionam a formação do modelo Sociedade Anônima do Futebol (SAF), ou seja, a transformação de todos os clubes em empresa, o que, obviamente, irá favorecer os grandes grupos capitalistas (em particular os estrangeiros) que investem valores astronômicos para se apropriar do controle financeiro dos times e clubes.  

Para impedir a destruição de uma das mais importantes manifestações da cultura nacional – o futebol -, é necessário um amplo movimento em direção ao controle popular exercido pelas torcidas e pelo povo. Do contrário, a tendência poderá ser o aprofundamento da situação atual, caracterizada pela investida inescrupulosa  das máfias que cada vez mais buscam no esporte a viabilização dos seus interesses criminosos.

* A opinião dos colunistas não reflete, necessariamente, a opinião deste Diário

Gostou do artigo? Faça uma doação!

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.