Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Ciudad Juarez

40 imigrantes morrem em incêndio no México

O cinismo dos países imperialistas que causam a miséria e desespero do povo

No dia 27 de março 2023 (2ª feira) à noite, um pouco antes das 22h, ocorreu um incêndio que causou 40 vítimas na Estância Provisória de Ciudad Juarez, um órgão do Instituto Nacional de Imigração, na Ciudad Juarez, estado de Chihuahua, México. Fora vítimas fatais, 28 pessoas ficaram gravemente feridas e foram transferidas imediatamente para quatro hospitais da cidade. As vítimas eram todos imigrantes oriundos de países do América Central e do Sul como Venezuela, Guatemala, El Salvador, Equador, Honduras e Colômbia,

No momento do incêndio do dia 28/03, estavam na instituição cerca de 60 imigrantes estrangeiros. Todas as pessoas eram de sexo masculino, maiores de idade, e tinham permanecido no local para obter documentos para poder entrar legalmente nos EUA. A nacionalidade deles eram: 28 guatemaltecos, 13 hondurenhos, 12 venezuelanos, 12 salvadorenhos, um equatoriano e um colombiano.  Entre as vítimas da fatalidade, a maioria era de Guatemala, com 18 óbitos, seguido de Venezuela e de El Salvador, com 7 vítimas cada, e de Honduras, com 6 vítimas. O mais jovem do grupo tinha 18 anos, e o mais velho, 51 anos.

A autoridade mexicana suspendeu temporariamente as atividades da Estância Provisória de Ciudad Juarez, transferindo os trabalhos para o Centro Integrador para os Imigrantes “Leona Vicario”, da mesma cidade.

O presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador lamentou profundamente a tragédia. Ele explicou que os primeiros relatos sugerem que o incêndio ocorreu devido a um protesto que foi iniciado por alguns dos imigrantes estrangeiros ao saber que seriam deportados para seus países de origem. “E como protesto, colocaram colchões na porta do abrigo e puseram fogo neles, e não imaginavam que isso ia causar esse terrível infortúnio”.

A Ciudad Juarez fica na região de fronteira com os EUA. Quatro pontes ligam o lado mexicano da cidade com o lado americano, a cidade de El Paso, no estado de Texas. As duas cidades são separadas pelo Rio Grande, com 3000 km de extensão, que nasce no estado de Colorado, ao norte, e deságua no Golfo de México. Quando o Rio Grande entra na região da Ciudad Juarez que divide pelo lado mexicano, e cidade de El Paso, no lado norte-americano, o rio faz a função de fronteira natural, fluindo até desembocar na costa leste, banhando os estados de Novo México e Texas, pelo lado norte-americano, e os estados de Chihuahua, Coahuila, Nuevo León e Tamaulipas, no lado mexicano.  O rio é conhecido por ser um dos meios de entrada ilegal dos imigrantes nos EUA, causando de forma frequente vítimas.

Gostou do artigo? Faça uma doação!

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.