Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Cadê a guilhotina?

Ser Rei da Inglaterra é um negócio bilionário

Elizabeth tinha fortuna de 500 milhões de dólares, maior parte herdada por Charles


O Rei Charles III, após mais de 70 anos de vida, foi confrontado com a dura realidade: ele teria que trabalhar. Mas se engana aquele que acha que Charles viveu na “mamata” por todos esses anos: o então príncipe estava profundamente envolvido em administrar o Ducado da Cornualha, tendo contratado uma equipe de gerentes que aumentaram o valor e os lucros de seu portfólio em cerca de 50%

O Ducado – terra tradicionalmente coordenada por um duque ou uma duquesa – contém um campo de críquete, terras agrícolas, aluguéis de temporada à beira-mar, escritórios em Londres e um depósito de supermercado suburbano. São 130 mil acres de terra (maior que muitas cidades famosas por aí) que geram milhões de dólares por ano em renda de aluguel.

Tudo isso estaria avaliado em US$ 1,4 bilhão, em comparação com cerca de US$ 949 milhões da falecida Elizabeth II. Mas nada disso chega perto da fortuna total da família real, que gira em torno de US$ 28 bilhões.

Charles não saiu perdendo. Além do seu próprio condado, ele também assumirá o portfólio da mãe como herança, sem pagar nenhum tipo de imposto – diferentemente do resto da população britânica, que paga 40% de imposto sobre suas heranças.

E não para por aí! Charles ainda pretende passar o ducado para seu filho mais velho, Willia, para aumentar ainda mais toda essa fortuna. O ducado em si é um negócio, algo comercial, que conta inclusive com presidente (da “empresa”) e mais de 150 funcionários

Negócios e esquemas é o que não falta na família real.


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.