Por quê estou vendo anúncios no DCO?

PM fascista

População fecha Avenida Brasil após PM assassinar morador

Segundo relatos, agente fora de serviço atirou nas costas da vítima que, em seguida, colidiu com um poste


Ontem, 04, manifestantes fecharam a Avenida Brasil, importante via da cidade do Rio de Janeiro, em protesto pela morte de Leonardo Lindolfo da Silva, que trabalhava como mototaxista.

O protesto aconteceu porque a PM do Rio de Janeiro perseguiu o trabalhador Leonardo, como suspeito e atirou no cidadão nas costas. O método fascista da PMRJ de “matar e perguntar depois” já é conhecido e muito aplicado. Disseram ainda que Leonardo morreu devido a queda da moto, depois de bater em um poste, que aconteceu após o tiro nas costas.

A corporação opressora afirmou que o crime ocorreu no dia 1º de outubro, em Madureira, e que o policial estava em um carro de aplicativo quando foi abordado pelo mototaxista para assaltá-lo e ele o perseguiu a pé.

A população não aguenta mais o genocídio de trabalhadores, e ocuparam uma das avenidas mais importantes do Rio de Janeiro para dizer que não vão mais aceitar e se calar diante desses assassinatos da PM de Castro, governador reeleito no último domingo.


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.