Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Não era uma maravilha?

“Paraíso” suíço multará quem usar “muita energia” na crise

Governo estabelece lei que pode até levar cidadão à prisão por gastar mais energia do que o permitido devido à crise energética na UE


“O inverno está chegando, será longo e a escuridão virá com ele”. Tal fala, pertencente ao personagem Meistre Aemon de Guerra dos Tronos, poderia ter sido dita por um europeu nos dias de hoje.

Na Suíça, por exemplo, país tido como exemplo de democracia por parte da esquerda e como o paraíso da burguesia, as residências que forem aquecidas acima de 19 ºC serão multadas em até 200 francos suíços, o que equivale à R$1.073,00.

Como os economistas burgueses gostam de chamar, este “amargo remédio” aplicado pelo governo suíço acontece em decorrência da crise inflacionária de gás e petróleo que toda a União Europeia enfrenta devido ao seu próprio embargo aplicado à Rússia. No intuito de punir os russos pela operação especial na Ucrânia, todo o bloco imperialista europeu rompeu diversas relações econômicas, se não todas, com o país liderado por Putin, colocando a própria população à mercê das decisões políticas, impopulares e claramente ofensivas tomadas pelos seus governantes.

Como resposta ao ataque provocado contra todo o povo russo, a postura da Rússia foi inevitável: romper o fornecimento dessas matérias-primas para a União Europeia, que só não declarou guerra aos russos ainda de forma oficial, mas tem ajudado a Ucrânia diretamente, por meio de financiamento.

O óbvio já é visto em todo o velho continente: a insatisfação popular reina contra as lideranças de seus países. Os primeiros ministros da Itália e do Reino Unido já caíram, enquanto a popularidade de tantos outros despenca em queda livre. Não existe justificativa para colocar a fome para dentro da sua casa quando esse era um problema altamente evitável; sem entrar no mérito de que o dinheiro que era para estar indo para os pratos dos europeus, está indo para os nazistas ucranianos e seus brinquedos bélicos.

Por falar em nazistas, voltemos ao caso da Suíça e sua caça às bruxas por quem cometer o grave delito de aquecer sua casa acima de 19 ºC, no inverno que constantemente atinge temperaturas negativas. O governo passou a incentivar, por meio de cartazes colados ao longo das cidades, que os suíços denunciem seus vizinhos, ao melhor molde praticado pelos nazistas alemães na Segunda Guerra Mundial, visando identificar judeus, e pelos Estados Unidos da América, na busca incessante por comunistas no pré, durante e pós-guerra. Anteriormente havia sido avisado, também, que aquecer os prédios acima dessa temperatura seria passível de prisão.

O inverno, de fato, está chegando, mas muitas dificuldades chegarão junto se os países imperialistas continuarem adotando essa postura de boicote aos russos. O tiro seguirá saindo pela própria culatra, afetando a popularidade dos governantes, a estabilidade do já capenga imperialismo e, sobretudo, a classe trabalhadora europeia, que tende a cada vez mais urgir, se reunificar e travar um combate contra os grilhões capitalistas que as suprimem.


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.