Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Identitarismo papal

Papa Francisco elogia as mulheres… que lavam suas cuecas

Com toda esta demagogia, o Papa Francisco busca esconder o caráter pérfido do Vaticano e do imperialismo de conjunto, ao qual o mesmo está atrelado


O identitarismo é a política oficial do imperialismo, e não poderia ser diferente no caso do Vaticano, a maior instituição religiosa do mundo. Na mesma onda de demagogia com as mulheres, o suposto Papa “progressista”, ao se despedir da viagem de três dias no Oriente Médio, afirmou que “as mulheres em cargos de liderança contribuíram para que o Vaticano melhorasse e provaram que podem ter desempenho superior aos dos homens nas mesmas posições”, conforme aponta o jornal Folha de São Paulo.

A declaração, apresentada pela imprensa burguesa como uma crítica ao “machismo na região”,  em uma indicativa aos ataques que o imperialismo vem fazendo ao Irã, sob o pretexto da defesa da mulher. Porém, na hora de citar o papel da mulher nessa “revolução”, como mesmo afirmou Francisco, e no combate ao “machismo” que havia na Igreja Católica, o Papa se limitou a citar mulheres da burocracia, que cumprem papéis de pouca importância na organização geral da Igreja.

A demagogia do Vaticano é explícita, uma organização que é conhecida não apenas por ser uma das instituições mais reacionárias da sociedade, como também um pilar da opressão contra a mulher. Além de lavar as cuecas do Papa e seus bispos, as mulheres do Vaticano cumprem meros papéis de empregadas que gerem a “casa” papal, como de maneira não muito clara mesmo afirma o Papa. Alguns citados especificamente incluem os cargos de vice-ministra das Relações Exteriores, diretora dos Museus do Vaticano, vice-chefe da Sala de Imprensa do Vaticano.

Com toda esta demagogia, o Papa Francisco busca esconder o caráter pérfido do Vaticano e do imperialismo de conjunto, ao qual o mesmo está atrelado. Sob a desculpa da defesa das mulheres, o imperialismo vem invadindo e promovendo uma destruição em massa em todo o Oriente Médio, que o Papa acaba de visitar. Em nome da democracia, milhões de mulheres foram mortas sob os bombardeios e ataques do imperialismo na região, e um novo golpe de Estado é preparado, agora contra o Irã. As grandes mulheres do Papa não possuem qualquer direito, quem dirá as reivindicações clássicas do movimento, como aborto, etc. elas cumprem o mero papel de subalternas de uma instituição que é inimiga das mulheres e dos trabalhadores em todo o mundo.

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.