Por quê estou vendo anúncios no DCO?

"Esquerda" vendida

ONGs da Fundação Ford querem censura nas redes sociais no Brasil

Manifesto de entidades pede para que as plataformas de redes sociais proíbam conteúdo supostamente antidemocrático


Um conjunto de organizações sociais publicaram um manifesto, nesta sexta-feira (16), direcionado às principais plataformas de veiculação de comunicação e informação na internet, como o YouTube, Facebook, Twitter, Instagram, Telegram, WhatsApp, TikTok, dentre outras, com recomendações sobre a veiculação de conteúdo nas mesmas durante o processo eleitoral. Trata-se, porém, de recomendações para que se aumente a censura desses monopólios sobre o conteúdo veiculado nas plataformas pelos usuários. Um manifesto em favor da censura à opinião e à informação por parte dos grandes monopólios contra os usuários das redes sociais.

Segundo o próprio documento, as plataformas já possuem normas para proibir (censurar, diríamos nós) conteúdos que sejam classificados como incitação explícita à violência, ataques a instituições democráticas ou ao processo eleitoral; no entanto, para as ONGs e organizações sociais é ainda pouco, querem mesmo a censura de conteúdos menos explícitos veiculados nas redes sociais. Segundo o próprio texto:

“De modo geral, as plataformas possuem políticas de combate à desinformação contra a integridade do processo eleitoral, mas a desinformação contra candidatos seguem com poucas restrições”.

De acordo com o documento, as plataformas já possuem mecanismos de combate ao que chamam “desinformação”, isto é, de censura ao conteúdo que eles consideram que não deve ser veiculado. Toda opinião ou informação questione a eleição ou a urna eletrônica, bem como que questione instituições do regime dito democrático já são classificadas como desinformação pela maioria das plataformas, trata-se agora que criar uma clima para perseguir mesmo a opinião ou informação, que mesmo não explicita, possa ser interpretada como ataque à instituição democrática, a urna ou processo eleitoral ou que remetam a qualquer tipo de contestação do resultado eleitoral. Também a manifestação da opinião sobre um determinado candidato pode levar à censura.

Das plataformas, o Telegram é o que foi mais mal avaliado, uma vez que não possui instrumentos de proibição de “desinformação”, isto é, instrumento de censura contra a opinião ou informação manifestada pelos usuários.

Em suma, o manifesto é um libelo pela censura, para dotar os monopólios de mais poder para interpretar e poder classificar a informação e opinião como desinformação e censurá-la. Querem fazer calar a população, fazendo nos descer goela a baixo, que a eleição e os instrumentos eleitorais, eleição que ainda nem aconteceu, são um ídolo sagrado, que não pode ser questionado e sim adorado. Assim como devem ser adoradas as maravilhosas instituições democráticas brasileiras, que não têm nada de democráticas. A chamada democracia burguesa no Brasil tornou-se uma religião em que o cidadão, ao invés de questionar o Estado o adora. Os críticos são infiéis, hereges e devem ser calados.

Além do caráter ditatorial do manifesto, que pretende dar mais poder aos monopólios, muitos deles imperialistas, que controlam a veiculação da informação na internet para censurar a livre manifestação da opinião e a livre veiculação da informação, chama atenção os proponentes deste manifesto. Assinam 116 organizações, dentre elas: Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência, Coalizão Direitos na Rede, Coalizão Negra por Direitos, Conectas Direitos Humanos, Abraji, InterLab, Pacto pela Democracia, Observatório Político e Eleitoral, Intervozes e Oxfam.

Em primeiro lugar, estas organizações não têm representatividade popular alguma; não estão autorizadas a falar em nome dos milhões de usuários das redes sociais no País, é uma usurpação completa que estas organizações, apoiadas pela imprensa capitalista, única autorizada a mentir descaradamente, tentem calar o povo brasileiro. A reiterada tentativa de calar completamente o povo brasileiro, vista de todos os lados, leva à questão: o que os poderosos estão preparando? Por que temem tanto a opinião livre a informação que não é a dos grande monopólio da imprensa capitalista?

Em segundo lugar, devemos destacar que essas organizações são completamente artificiais e financiadas por grandes capitalistas internacionais e nacionais, estão subordinadas aos interesses desses grandes capitalistas e não da população ou da democracia em abstrato.

Boa parte, ademais, dessas organizações receberam ou recebem verbas da Fundação Ford ou outras organizações imperialistas, a vinculação direta ou indireta com o imperialismo, leva-nos a crer firmemente que a pretensa defesa de minorias ou causas sociais alardeadas por estas organizações que assinam o manifesto, não é muito mais que mera aparência para esconder sua verdadeira função: defender interesses escusos de setores internacionais e nacionais poderosos no País.

Com o espantalho da luta contra o fascismo e o golpismo, o imperialismo e seus prepostos no Brasil passam por cima dos direitos democráticos do povo brasileiro, e é assim mesmo que o caminho que leva o fascismo de verdade é pavimentado. Os mesmo que querem cassar os direitos democráticos supostamente em nome da luta contra o fascismo, são os mesmo que estarão ao seu lado e esse voltar ao poder.

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.