Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Documentário da Globo

Morte de Celso Daniel, campanha eleitoral do PIG contra Lula

Imprensa golpista e direita voltam a manipular assassinato de ex-prefeito petista para jogar a culpa de sua morte em Lula e sabotar sua candidatura

celso daniel

A campanha eleitoral de 2022 foi informalmente inaugurada essa semana pelas Organizações Globo, com a estreia de um pretenso documentário sobre o suposto “caso Celso Daniel”. A expressão refere-se ao sequestro e assassinato do então prefeito de Santo André (SP) pelo PT, Celso Daniel, vinte anos atrás – em janeiro de 2002 – em um crime de âmbito municipal e estadual que foi investigado pela polícia à época e considerado como um crime comum, sem motivação política.

Enquanto episódios políticos mais recentes e de maior repercussão nacional – como a suposta facada que teria atingido o atual presidente Bolsonaro durante a campanha eleitoral de 2018 – continuam aguardando uma resposta satisfatória da Justiça, e embora também haja reportagens e documentários acerca deste estranho “atentado” (tão determinante para a eleição do atual presidente vagabundo e genocida), a imprensa burguesa brasileira prefere “revirar o baú” de baixarias em estoque e requentar a velha e nunca comprovada suspeita de que a motivação para o assassinato de Celso Daniel teria sido política e estaria ligada a casos de corrupção na prefeitura de Santo André e fazer leva à conclusão, já espalhada pela direita, de que foi o PT que mandou matar o prefeito.

Embora tenha negado, até o dia de sua morte, envolvimento no crime, Sérgio Gomes da Silva, o “Sambra”, era um empresário com interesses e negócios com a prefeitura de Santo André e sempre foi considerado o principal suspeito de ser o seu mandante. Porém, isto nunca foi provado e os depoimentos dos integrantes da quadrilha que efetivamente matou Celso Daniel não corroboraram essa hipótese em nenhum momento.

Agora que a Globo estreou o seu suposto documentário sobre esse caso, a cobertura da imprensa já “questiona” o porquê de Lula não “querer falar sobre isso”, indicando que ele teria alguma culpa a esconder e aproveitando para questionar o envolvimento de Lula na morte do ex-prefeito petista. Trata-se, portanto, de uma peça de propaganda política mentirosa contra a candidatura à presidência de Lula, o que demonstra que a burguesia vai fazer todo esforço necessário para impedir a sua eleição e se utilizar dos métodos mais baixos e desprezíveis possíveis – inclusive de perseguições violentas e fascistas – para mais uma vez tentar desmoralizar a imagem de Lula diante da população brasileira .

Pseudo-reportagens com títulos apelativos, como “Caso Celso Daniel: Por que Lula não fala no documentário do Globoplay?” já circulam nas redes sociais neste momento. A manipulação da imprensa sensacionalista e mentirosa deste caso, no entanto, é tão grosseira e mal feita que o tal “documentário” está gerando reações negativas dentro da própria imprensa golpista. Em uma matéria publicada no último dia 26 de janeiro, por exemplo, o site de notícias Na Telinha entrevistou três jornalistas da Rede Globo que preferiram o anonimato, mas que declararam que “não é possível ressuscitar o tema [Celso Daniel] sob o ponto de vista do interesse jornalístico. Para eles, a série irá apenas resgatar teorias conspiratórias (…) um deles lembrou, inclusive, que pouco importa o conteúdo, já que muita gente não vai nem assistir, mas o fato de se criar uma série assim, em pleno ano eleitoral, dá munição para uma onda de “fake news” descontroladas sobre o assunto. Para eles, a sensação é que a emissora quer encontrar um jeito de barrar o candidato do PT nas eleições, Lula. (…) Nos bastidores, a reportagem apurou que o documentário encontra resistência até de nomes grandes para ajudar na divulgação. Enquanto a cúpula do streaming dá de ombros para a crítica, parcela importante de jornalistas avisaram que o nome da emissora certamente será usado para a propagação de “fake news” por conta disso. Procurada, a Globo não se posicionou”.

Em sua última Análise Política feita no sábado, 29 de janeiro, o presidente do PCO, Rui Costa Pimenta, falou que a imprensa vai usar esse “documentário” para jogar a culpa da morte de Celso Daniel no PT e em Lula. Não há dúvida nenhuma disso. Quando a companheira de Celso Daniel, Ivone Santana, afirmou em depoimento prestado em 2005, “que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva teria sugerido ao prefeito de Santo André a contratação de seguranças. (…) durante um seminário em Santo André, em novembro de 2001, dois meses após o assassinato do então prefeito de Campinas, Toninho do PT” (Jornal do Brasil de 09/11/2005), a grande imprensa ignorou e abafou esta informação. Porém, ainda há pouco, em 2019, quando o presidente Lula estava preso ilegalmente, a revista Veja publicava uma matéria sórdida em que o pivô do assim chamado “mensalão”, o publicitário Marcos Valério, insinuava que Lula teria sido o verdadeiro mandante do assassinato de Celso Daniel, sem jamais apresentar sequer um indício de fiapo de prova. Caro leitor, responda rápido para si mesmo: quais afirmações são mais dignas de nossa confiança, neste caso: as da imprensa golpista e corrupta – encarnada em seus colaboradores de calúnia e difamação e em operadores de delações “premiadas” da laia de um Marcos Valério – ou as palavras de Ivone Santana, a própria viúva enlutada do prefeito petista de Santo André, Celso Daniel?

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.