Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Imperialismo

Grandes aliados: Rússia acusa Estados Unidos de dividir a Ucrânia

Impulsionada pelos Estados Unidos, Polônia estaria articulando uma divisão da Ucrânia onde ficaria com uma fatia do território.


O chefe do Serviço de Inteligência Externa da Rússia, Sergei Naryshkin, apresentou uma grave denúncia das movimentações do imperialismo na Ucrânia. Depois de impulsionar a russofobia, as agressões militares ao Donbass e ameaçar incluir a Ucrânia na OTAN, os Estados Unidos veem mostrando como trata seus “aliados” quando a situação aperta.

Com o fracasso em asfixiar economicamente a Rússia com sanções, o imperialismo intensificou o envio de armamento à Ucrânia, porém sem envolver diretamente suas tropas. Trata-se de um artifício para esticar artificialmente a guerra, ao custo de vidas humanas. Com a denúncia de Naryshkin, uma nova etapa do “apoio” imperialista à Ucrânia vem à tona: a divisão do país.

Cabe lembrar que parte do território da Polônia foi integrado à República Socialista Soviética da Ucrânia ao fim da Segunda Guerra Mundial. Para “ajudar” a Ucrânia, os poloneses enviariam primeiramente “forças de manutenção da paz” para essa região, que fica no oeste da Ucrânia, bem longe do front de batalha. O controle político e militar das “posses históricas” da Polônia sedimentaria uma futura divisão do país, segundo o cálculo dos próprios poloneses.

Naryshkin expôs ainda que “os serviços secretos poloneses já estão procurando representantes ‘concordantes’ da elite ucraniana para formar um contrapeso ‘democrático’ aos nacionalistas voltado para Varsóvia”. Seria a Polônia com o imperialismo por trás negociando como se você ela própria um país imperialista, ou seja, impondo condições desproporcionais para um país desesperado. Pelos termos preliminares, também fica a mostra o quanto de nacionalismo existe nos intitulados “nacionalistas ucranianos”.

Assim como ocorreu com os colaboradores da ocupação imperialista no Afeganistão, os golpistas ucranianos estão aprendendo o verdadeiro valor de suas alianças com os Estados Unidos. Diante da crise das operações implementadas pelo imperialismo, essas alianças viram pó e os “aliados” são abandonados à própria sorte. Não deixa de ser um justo castigo para quem trai o próprio país em benefício da dominação estrangeira.

O secretário do Conselho de Segurança da Rússia, Nikolai Patrushev, afirmou nessa semana que a política levada adiante pelos Estados Unidos na Ucrânia pode resultar na fragmentação do país. Algo parecido com o que ocorreu com a Iugoslávia, também diante da ação do imperialismo norte-americano.

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.