Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Díaz-Canel e Erdogan

Cuba e Turquia se aproximam ainda mais

Em sua visita à Turquia, o presidente cubano foi recebido por seu homólogo, Recep Tayyip Erdogan.


─ Granma ─ O primeiro-secretário do Comitê Central do Partido Comunista e presidente de Cuba, Miguel Díaz-Canel Bermúdez, descreveu as conversações com Recep Tayyip Erdogan, presidente da República da Türkiye, como muito frutíferas e encorajadoras após a recepção oficial nesta nação.

Díaz-Canel saudou o fato de as relações entre os dois países serem mantidas com base no «respeito, solidariedade e cooperação, em benefício de ambos os povos», e em questões econômicas e comerciais disse que ratificou a vontade de Cuba de continuar trabalhando em setores de interesse mútuo, tais como biotecnologia, energias renováveis, turismo, agricultura, pecuária, saúde, educação, esporte e cultura.

Por sua vez, o presidente turco Recep Tayyip Erdogan disse que a visita foi histórica, e que seria um ponto de viragem nos laços entre os dois países.

«Estamos satisfeitos em ver que temos uma vontade forte e mútua de fortalecer nossa cooperação bilateral. É óbvio que as sanções unilaterais impostas a Cuba durante anos significaram que nossas relações ficaram abaixo de seu verdadeiro potencial».

O líder anfitrião expressou sua certeza de que «os investimentos das empresas turcas em Cuba aumentarão ainda mais no próximo período», e destacou o apoio técnico fornecido à Ilha em projetos associados ao desenvolvimento agrícola, e a vontade de fazer investimentos conjuntos para produzir vacinas, levando em conta que Cuba e a Türkiye estão entre os poucos países que foram capazes de desenvolver seus próprios imunogênicos contra a Covid-19.

«Levaremos nossa cooperação no campo da saúde a um nível muito mais elevado», disse Erdogan.

Seis acordos foram assinados no dia, incluindo quatro memorandos de entendimento: dois entre os ministérios das Relações Exteriores, um terceiro entre os bancos centrais dos dois países e um quarto entre o ministério do Comércio Exterior e o Investimento e a Agência Turca de Cooperação e Coordenação.

A primeira atividade da visita foi um encontro com membros da Associação de Amizade José Martí Cuba-Turquia, fundada há 20 anos, a quem Díaz-Canel agradeceu porque «foram responsáveis pela divulgação da realidade cubana e do trabalho da Revolução», com grande veemência e empenho.

O presidente também visitou o mausoléu que presta homenagem a Kemal Ataturk, fundador da República de Türkiye e arquiteto da abertura da era moderna nesta nação.

Na homenagem ao homem que o Comandante-em-chefe Fidel Castro Ruz considerou uma «fonte de inspiração» para a Revolução Cubana, o chefe de Estado escreveu: «Os povos cubano e turco estão unidos por valores comuns, em reconhecimento ao legado dos fundadores de ambas as nações».

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.