Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Como derrotar o golpe?

Burguesia atua para virar o jogo e eleger Bolsonaro

Bilhões em gastos públicos, coerção dos trabalhadores fábricas e demais locais de trabalho, manipulação e sabotagem do transporte, fraude nas pesquisas etc. marca a reta final


Nos últimos dias, as manipuladas pesquisas eleitorais – que “erraram” feio no 1º turno – apontaram uma redução da diferença e até mesmo uma situação de empate técnico entre Lula e Bolsonaro.

Ao mesmo tempo, os tubarões capitalistas estão despejando rios de dinheiro na campanha de Bolsonaro. Na semana passada, o candidato da burguesia golpista já tinha recebido mais de R$65 milhões em doações, enquanto Lula, o candidato dos trabalhadores, havia recebido apenas R$1,3 milhões no segundo turno.

“Quem paga a banda, escolhe a música”

Segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral divulgados pela imprensa capitalista, entre os maiores doadores da campanha de Bolsonaro estão o advogado Fabiano Zettel (R$ 3 milhões), o dono da Localiza, Salim Mattar (R$ 1,8 milhão), e o agropecuarista, Hugo de Carvalho Ribeiro (R$ 1,2 milhão). Também estão entre os doadores acima de R$1 milhão os empresários Pedro Grendene (R$ 1 milhão) e Alexandre Grendene (R$ 1 milhão), e os empresários do agronegócio Cornélio Sanders (R$1 milhão) e Oscar Cervi (R$1 milhão).

A imprensa golpista ainda assim tenta apresentar que Lula teria mais recursos do que Bolsonaro. Segundo o portal da Globo, “mesmo com o crescimento das doações ao candidato do PL, petista segue com mais verba para gastar na campanha, graças ao dinheiro do partido: Lula tem R$ 126 milhões no total, ante R$ 85 milhões de Bolsonaro

Campanha de Bolsonaro recebe R$ 65 milhões de pessoas físicas; e a de Lula,  R$ 1,3 milhão - Radar Amazônico

Eles ocultam que essas doações “privadas”, obviamente a uma pequena parcela do que é realmente gasto na campanha e que muitos dos particulares que contribuem são funcionários ou pessoas ligadas a grupos privados e grandes capitalistas interessados na vitoria do candidato da imensa maioria do grande capital, Jair Bolsonaro.

Sob o controle do orçamento público

O candidato do golpe também tem o apoio daqueles que comandam os maiores orçamentos públicos do País. Além do orçamento federal, estão sob o comando dos bolsonaristas os orçamentos públicos do Estado de SP (2º maior),  do Estado do MG, RJ, da Cidade de São Paulo, dentre outros, que são os 5 maiores do País. [Veja abaixo, dados de 2019].

Além da imensa maioria das prefeituras e dos governos estaduais, empresas estatais etc. etc.

Eles têm também os bilionários orçamentos extraordinários do “estado de emergência” que legalizou a “compra de votos”, liberando – com o voto da esquerda parlamentar – mais de R$50 bilhões, e os recursos do “orçamento secreto” de cerca de R$150 bilhões. Em toda história, é a eleição em que mais se gastou dinheiro do povo trabalhador para favorecer um candidato.

A campanha pelo “voto de cabresto”

Vendo que tudo isto não seria suficiente, os patrões estão realizando uma operação ditatorial que visa pressionar os trabalhadores, com ameaças e chantagens a votarem no seu candidato.

Segundo o Portal da CUT,

No Ministério Público do Trabalho (MPT) o total de denúncia contra esse crime eleitoral é ainda maior: 706 denúncias foram registradas até esta quarta-feira(19), de acordo com o último balanço do órgão

É claro que se as denúncias, que se multiplicam por outros órgãos, juntos aos sindicatos etc. já são milhares, no mundo real a situação é dezenas de vezes pior. Há, portanto, uma campanha orquestrada pela burguesia para pressionar pelo voto em Bolsonaro.

O golpe do “transporte liberado”

Além disso, o STF liberou que prefeitos e governadores, em conluio com os tubarões do transporte coletivo, decidam onde vai haver transporte coletivo, quando eles já sabem (pelos resultados do primeiro turno) de onde buscar voto para Bolsonaro.

Na tarde desta quarta-feira (19), o Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria para autorizar que prefeituras e empresas concessionárias ofereçam transporte público gratuito no dia do 2º turno das eleições, o que pela Lei atual, seria um crime eleitoral, uma vez que “oferecer transporte, que não é garantido como um direito geral, pode servir para fazer campanha de determinado candidato, favorecer o deslocamento de uma parcela do eleitorado em que se tem maior apoio etc.

Em julgamento virtual, os ministros do STF confirmaram a decisão do ministro Luís Roberto Barroso, que se posicionou a pedido de setores da esquerda, da campanha de Lula, sob a ilusão de que a medida (que vai ser controlada por aliados de Bolsonaro nos maiores colégios eleitorais do País) poderia oferecer alguma vantagem à população pobre em geral, onde o candidato do PT tem maior apoio.

Perigo!

.

Tudo isso é muito perigoso para Lula e para todo o povo que quer pôr fim ao atual regime de fome, miséria, desemprego, entrega das riquezas do País etc.

O único caminho para barrar essa ofensiva, é através da mobilização popular.

Os golpes de Bolsonaro e da burguesia não vão ser detidos (como nunca foram) pelo judiciário golpista. Não adianta clamar pelas “instituições” do regime político, comprometidas até o pescoço com a continuidade do golpe e que buscam apenas dar uma aparência legal, controlar a ofensiva em curso e manter a campanha de Lula sob controle.

Acreditar no STF, TSE, imprensa etc. é crer que setores fundamentais da burguesia vão agir para impedir a derrota do candidato do povo trabalhador que eles ajudaram a colocar na cadeia, em meio a uma operação criminosa.

Para os direitistas, inimigos dos trabalhadores e das suas reivindicações, uma das piores coisas que pode acontecer é a campanha de Lula derrotar Bolsonaro por meio da canalização da revolta popular, da sua organização, do convencimento do povo trabalhador nos bairros e locais de trabalho sobre o que realmente está em jogo.

O o corpo a corpo, de casa em casa, dialogando com os vizinhos e colegas de trabalho, esclarecendo sobre o que está em jogo nestas eleições e na luta que está por vir, é justamente o único caminho. para levar a uma vitória de Lula e de todo o povo.


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.