Por quê estou vendo anúncios no DCO?

"Roubaram nossa vida"

Arábia Saudita: mulher é presa por tuitar sobre direitos humanos

Monarquia absoluta saudita sempre foi protegida pelos Estados Unidos


No domingo (31), a norte-americana Carly Morris, 34, denunciou em sua conta no Twitter, que ela e sua filha foram privadas de direitos humanos básicos durante sua extensa e forçada estadia na Arábia Saudita desde 2019.

“ Passamos os últimos três anos nestas condições e privados dos nossos direitos básicos, roubaram-nos a vida. ” Enfatizou.

Destaca que as autoridades locais não dão importância ao seu caso e sua situação continua sendo “negligenciada e mal administrada”. Morris viajou há três anos, para que a filha para que sua filha de oito anos pudesse conhecer seu avô paterno. A viagem seria breve, porém, logo se envolveu em uma briga para recuperar a guarda filha, porque as leis de tutela iranianas dá preferência ao pai e foram aplicadas à menor.

Segundo a imprensa norte-americana Carly foi intimada e presa pela promotoria saudita e sob a acusação de “perturbar a ordem pública”.

“Nossa embaixada em Riad [capital saudita] está envolvida neste caso e está monitorando a situação”, disse o porta-voz do Departamento de Estado dos EUA, Ned Price, na terça-feira. Autoridades norte-americanas também confirmaram a prisão de Morris e disseram que acompanhariam o caso. Mas não se tem informações sobre a filha de Morris.

Mesmo com leis internacionais de proteção as autoridades ordenaram a prisão de centenas de ativistas, blogueiros, intelectuais e outros por suas críticas ao governo de Al Saud, do príncipe herdeiro saudita Muhammad bin Salman, desde 2017.

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.