Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Confisco russo

A Rússia vai à guerra também no terreno econômico

Governo Russo retém e incorpora 360 aviões a sua frota para combater as sanções


Aer-N aluga jatos de passageiros para companhias aéreas comerciais, incluindo a russa Aeroflot. Sergei Ivanov/AP

A Rússia confiscou 360 aeronaves da gigante Aer-N desde Março de 2022, de acordo com dados da consultoria IBA. A Bloomberg afirma que as empresas de locação de aeronaves civis recuperaram algumas dezenas de cerca de 500 aeronaves desde o início da “guerra na Ucrânia”. A gigante Aer-N, recém fundida com a GE – criou recentemente o maior grupo de leasing de aeronaves do mundo, tem visto com preocupação o progressivo confisco das aeronaves em benefício das empresas russas de transporte aéreo. O avanço nos confiscos e registros pode ser vista no gráfico a seguir:

IBA graph showing Russia aircraft re-registrations

A Rússia age legitimamente respondendo, de forma assimétrica, às sanções e imposições imperialistas. O confisco das aeronaves da maior empresa de aluguel de aeronaves, portanto, é uma das melhores respostas, típica de um país que enfrenta sanções e boicotes há décadas, conforme tem demonstrado os companheiros Rafael Dantas e Eduardo Vasco, na cobertura da operação russa de desnazificação, desmilitarização e em favor da independência das Repúblicas de Lugansk e Donetsk, repúblicas operárias. De acordo com o correspondente deste Diário, Rafael Dantas:

A tentativa de defender a economia capitalista russa implica impor prejuízos aos capitalistas dos países imperialistas. Os setores da esquerda pequeno-burguesa que se alinharam automaticamente com o imperialismo diante do conflito russo-ucraniano deveriam refletir: de que lado isso os coloca diante desta situação concreta? Diante oposição entre a medida adotada pelo governo Putin e o protesto das grandes empresas dos países imperialistas, que significa realmente a solidariedade com o povo russo? Compreender que uma medida como essa é um meio de defesa justificado contra o imperialismo ou defender a legalidade e o direito à propriedade intelectual de grandes monopólios norte-americanos e europeus?

A Rússia atua para o registro do avião a partir das centenas de sanções impostas pelo imperialismo, mantendo as aeronaves e estabelecendo a integração da posse. Portanto, apesar da revogação desses registros por parte do imperialismo, os russos estão utilizando os aviões normalmente para a realização do transporte doméstico.

A tentativa da consultoria IBA é de demonstrar a ilegalidade é em vão, pois todos os tratados internacionais já foram rasgados pelo imperialismo.

Os investidores da AerCap Holdings estão cada vez mais preocupados à medida que as sanções imperialistas contra Moscou aumentam, de acordo com circular interna. Os aviões, que são estimados em cerca de US$ 2,5 bilhões, de acordo com um relatório da Bloomberg, foram aterrados e integrados em definitivo para a Rússia. A empresa com sede em Dublin disse no final do mês passado, que cessaria a atividade de arrendamento com transportadoras russas à medida que as sanções contra o país dos aumentassem. A queda da empresa em março, logo após anúncio da fusão com a General Eletric, era de 25% em Wall Street.

AerCap stock

De acordo com a Aer-N, sua frota de aviões alugada para a Rússia representa 5% do seu valor contábil líquido, de modo que a empresa está pronta para sobreviver se não conseguir recuperar todos esses aviões. De acordo com a empresa de análise Cirium, as companhias aéreas russas têm 980 jatos de passageiros em serviço, dos quais 777 estão alugados.

O chefe da locadora BOC Aviation (parte do Bank of China Group) alertou que os altos preços dos seguros estão vindo para os locadores após a operação da Rússia na Ucrânia, e seu efeito na indústria de locação de aeronaves é impactante: “uma das consequências imprevistas… chegará às mesas sob a forma de custos de renovação de seguros ainda este ano”, disse Robert Martin na Cúpula líder da CAPA Airline em 7 de abril de 2022. “Estou ouvindo alguns números horríveis”, disse ele. No entanto, as renovações de seguros da BOC Aviation só devem ser entregues em 2023, disse ele. Sob sanções impostas à Rússia, as empresas de leasing têm que encerrar contratos com operadores russos. No entanto, tirar suas aeronaves da Rússia não tem sido fácil e as autoridades russas tomaram medidas para recadastrar aeronaves e manter a frota no país.

Essa questão no interstício da guerra econômica coloca para os países atrasados a possibilidade do enfrentamento econômico assimétrico, a partir de operações organizadas. O imperialismo vai se colocando cada vez mais nu diante da Rússia e dos demais países atrasados, podendo deflagrar uma debacle no coração do imperialismo, até mesmo uma convulsão internacional baseada na ação russa.

Gostou do artigo? Faça uma doação!


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.