Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Presidente venezuelano

Maduro denuncia os EUA e defende a soberania dos povos

“Aqueles que falam em nome da paz e não condenam o imperialismo ou são muito ingênuos ou cúmplices", disse também o secretário executivo da ALBA, Sacha Llorenti

maduro 2 (1)

─ Prensa Latina ─ O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, denunciou que os Estados Unidos e seus aliados estão tentando gerar hoje um novo contexto de Guerra Fria para dividir o mundo de acordo com seus interesses.

Através da instrumentalização política dos direitos humanos e da democracia, eles estão tentando “dividir o mundo entre aliados do império e países independentes”, advertiu o presidente.

Do Palácio de Miraflores no dia anterior, Maduro enfatizou que “não acreditamos na divisão do mundo ou na escalada dos conflitos, acreditamos em um mundo pluripolar, multicêntrico e sem hegemonia”.

O chefe de Estado defendeu o respeito pela diversidade política e identidade dos países soberanos, ao mesmo tempo em que reafirmou sua confiança na emergência de uma nova humanidade e de um século XXI sem impérios.

Neste sentido, o Secretário Executivo da Aliança Bolivariana para os Povos de Nossa América – Acordo Comercial dos Povos (ALBA-TCP), Sacha Llorenti, exortou as pessoas a permanecerem atentas ao uso dos termos direitos humanos, democracia e paz para confundir a população.

“Aqueles que falam em nome da paz e não condenam o imperialismo ou são muito ingênuos ou cúmplices, porque a verdadeira luta pela paz é irredutivelmente anti-imperialista, anticolonialista, anticapitalista e antipatriarcal”, enfatizou o alto funcionário do órgão regional.

Referindo-se ao Congresso Mundial dos Povos pela Paz, que abordou a necessidade da democracia popular diante da crise multidimensional, ele apontou que isto representa uma oportunidade para a unidade dos povos independentes, “aqueles de nós que se recusam a ser postos de joelhos e subjugados por novas formas coloniais”.

Por sua vez, o presidente venezuelano disse que uma nova humanidade emergirá das lutas e batalhas permanentes, do reconhecimento do grande poder da humanidade na diversidade.

Ele exortou a lutar por um mundo melhor, “somos um único povo, uma única humanidade, um único sonho: uma humanidade agora definitivamente sem império ou hegemonia, sem chantagem ou sanções; uma humanidade de diálogo entre civilizações, religiões, culturas, das idiossincrasias dos povos”.

Gostou do artigo? Faça uma doação!

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.