Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Programa nuclear

Iranianos: acusações de EUA e Israel são “guerra psicológica”

Chefe nuclear do Irã denuncia campanha imperialista contra a soberania tecnológica do país persa

irã bandeira reuters

─ Xinhua ─ O chefe da Organização de Energia Atômica do Irã (AEOI) criticou na terça-feira algumas acusações anti-Irã feitas pelos Estados Unidos e Israel como “guerra psicológica”, informou a agência de notícias oficial IRNA.

Mohammad Eslami comentou na véspera de uma cerimônia em Teerã, dizendo que “estamos diante de uma campanha que não está, de forma alguma, disposta a ver o progresso científico e tecnológico do Irã”.

Ele ressaltou ainda que todas as partes do acordo nuclear, oficialmente conhecido como Plano de Ação Conjunto Global (JCPOA), são obrigados a cumprirem seus compromissos, acrescentando que o acordo nuclear é um tratado, sob o qual os signatários fizeram promessas e o Irã também aceitou os seus compromissos.

Em uma reunião com o ministro das Relações Exteriores de Israel, Benny Gantz, na quinta-feira, o secretário de Defesa dos EUA, Lloyd Austin, disse que o Irã falhou em oferecer um envolvimento diplomático construtivo nas negociações que o presidente dos EUA, Joe Biden, esperava reviver.

Austin disse que Biden está “preparado para recorrer a outras opções” se a atual política americana para o Irã falhar.

De sua parte, Gantz descreveu o Irã como “a maior ameaça à paz e estabilidade global e regional”.

O JCPOA foi assinado entre o Irã e o P5+1 em julho de 2015, com base no qual o primeiro aceitou fazer alguns ajustes em seu programa nuclear pacífico, enquanto o último prometeu em troca suspender as sanções internacionais contra Teerã.

Em maio de 2018, no entanto, o ex-presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, expressando insatisfação com o JCPOA, retirou o país do acordo e impôs novamente as sanções unilaterais de Washington ao Teerã.

Desde abril, um processo diplomático foi iniciado na capital austríaca para reviver o JCPOA, no qual várias rodadas de negociações foram realizadas entre o Irã e as demais partes do acordo, sendo China, Rússia, Grã-Bretanha, França e Alemanha.

Gostou do artigo? Faça uma doação!

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.