Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Com demagogia barata

Capitalistas prevêem guinada populista de Bolsonaro

Enquanto seguram as rédeas de Bolsonaro, dão corda para a terceira via, mas quem pode ganhar de fato é Lula


É um quadro econômico desastroso que o país passa, com queda da atividade econômica, desemprego e inflação históricos, déficit nas contas públicas, dívida pública elevada, aumento da taxa de juros e do valor do dólar, queda do nível de investimentos, tudo pela hora da morte. 

Com isso, o governo golpista e a imprensa burguesa de conjunto fizeram alarde de clima de euforia pelo sistema financeiro e empresários paulistas por conta de um certo aumento nas arrecadações fiscais, provavelmente influenciado pelo aumento de preços gigantescos que temos assistido desde o final do ano passado.

Como a realidade é o que é, a sinuca dos precatórios que chegou fez com que a euforia virasse para o oposto. Para não furar o teto de gastos, o presidente ilegítimo Bolsonaro encontrou como saída uma mudança na legislação, criando o parcelamento dos pagamentos dos precatórios, coisa que vai prejudicar quem tem direito a receber.

Essa política nefasta para a economia fez com que as expectativas para o PIB de 2022 fossem reduzidas, e como o ano que vem é ano de eleição, os políticos eleitoreiros ficam todos em pânico temendo perder votos.

Assim, é esperado que o presidente adote políticas populistas pensando em ampliar o número de votos nas eleições. Coisas como ampliar o programa Bolsa Família, pensando em pegar os votos dos desempregados, conforme matéria do jornal golpista Estado de Minas.

Como o jornal coloca que os empresários e banqueiros “paulistas” perderam a euforia, e comentam a possibilidade de que Bolsonaro possa adotar políticas populistas pensando nas vantagens eleitorais, com certo rancor, deixa transparecer que a melhor opção seria a eleição da terceira via, de João Doria (PSDB).

Os relatos de uma “euforia paulista” que foi dizimada pelos precatórios fazem alusão a uma pretensa desistência de apoio à candidatura do atual presidente, em troca de uma nova opção, a “paulista”, e nem sequer tocam no nome do principal concorrente, o ex-presidente Lula, que pode se eleger ainda no primeiro turno.

Tudo não passa de pura demagogia colocando em evidência dois candidatos da burguesia, enquanto desprezam a influência clara e nítida do principal concorrente que é do Partido dos Trabalhadores, mas que não querem que participe nem pintado de ouro.

A euforia apresentada na matéria não tem correspondência na realidade uma vez que a crise econômica vem se aprofundando desde o golpe de estado, e piorada pela pandemia, não deixa nada de boas perspectivas para o futuro imediato. Ninguém em sã consciência espera que no curto prazo as coisas irão se resolver.

O tucano fascista Doria, apresentado como o salvador da lavoura da direita, é tão demagogo quanto o outro da extrema-direita e atual presidente. O chamado “científico” em meio à pandemia resolve acabar com o pouquíssimo isolamento social, liberando tudo, inclusive as aulas presenciais, levando ao risco de morte os alunos, professores e funcionários para mostrar competência para o neoliberalismo genocida. O mesmo que é praticado por Bolsonaro.

Tanto um como o outro demagogo só estão preocupados com as eleições, com os votos e não se importam nenhum pouco com o fato de que estão levando à morte milhares de pessoas, da classe trabalhadora na maioria, sem emprego, direitos trabalhistas, atendimento médico, com inflação, fome e miséria.

Tentam, de toda forma, deixar de lado o maior líder do povo e o único que pode vencer as eleições sem muito esforço. Lula é o único que pode derrotar o Bolsonaro ainda mesmo no primeiro turno, e é o único candidato da classe trabalhadora com poderio eleitoral.

O povo tem que sair para as ruas e defender sua candidatura, com muita força e energia, como sempre foram as campanhas operárias.


COTV

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.