Por quê estou vendo anúncios no DCO?

Quilombolas

Quilombo Rio dos Macacos volta a sofrer ameaças na Bahia

Tensão se eleva na comunidade quilombola Rio dos Macacos, de Simões FIlho/BA, após o assassinato da liderança local Sr. Vermelho. Há um possível envolvimento da Marinha.

Os moradores do quilombo Rio dos Macacos, localizado em Simões Filho (região metropolitana de Salvador/BA) relataram ameaças e tentativas de intimidação por parte de estranhos, que cercaram a comunidade e tentaram forçar portas e janelas na madrugada da última segunda-feira (10).

A tensão na comunidade se elevou após o assassinato do Sr. Vermelho (José Esídio dos Santos, 89 anos), que exercia o papel de uma liderança quilombola local. Tudo indica que o motivo foi a disputa de terras, com o possível envolvimento de militares da Marinha do Brasil, que impede a entrada de órgãos para averiguar o ocorrido.

A comunidade Rio dos Macacos é objeto de disputa com a Marinha, que tenta há décadas expulsar os quilombolas e tomar o controle de suas terras. Em 2017, foi feita uma denúncia à Corte Interamericana de Direitos Humanos que salientava os espancamentos, torturas, abusos sexuais e ameaças cotidianas por parte dos militares da Marinha sobre os moradores. Somente a Marinha acessa o local de disputa.

A Polícia Civil trabalha com a hipótese de roubo, no intuito de esconder os verdadeiros culpados pelo assassinato do Sr. Vermelho e que sistematicamente intimidam e ameaçam a comunidade. Não há dúvidas de que o crime é político e tem relação direta com a disputa de terras. O enquadramento jurídico como roubo por parte da polícia cumpre a função de tentar despolitizar o crime e transformá-lo numa fatalidade por questões pessoais. Obviamente, não se trata disso.

O governo do fascista Jair Bolsonaro estimula o assassinato de lideranças quilombolas, indígenas e do movimento sem terra. No campo, já foi proposto o excludente de ilicitude, um salvo-conduto para os latifundiários e seus pistoleiros exterminarem os movimentos sociais. Bolsonaro deixa muito claro que, em seu governo, haverá total impunidade para os pistoleiros e as milícias fascistas do campo, por isso é preciso derrubá-lo do governo imediatamente através da mobilização popular.

 

 

 

Gostou do artigo? Faça uma doação!

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Diferentemente de outros portais , mesmo os progressistas, você não verá anúncios de empresas aqui. Não temos financiamento ou qualquer patrocínio dos grandes capitalistas. Isso porque entre nós e eles existe uma incompatibilidade absoluta — são os nossos inimigos. 

Estamos comprometidos incondicionalmente com a defesa dos interesses dos trabalhadores, do povo pobre e oprimido. Somos um jornal classista, aberto e gratuito, e queremos continuar assim. Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.

Quero saber mais antes de contribuir

 

Apoie um jornal vermelho, revolucionário e independente

Em tempos em que a burguesia tenta apagar as linhas que separam a direita da esquerda, os golpistas dos lutadores contra o golpe; em tempos em que a burguesia tenta substituir o vermelho pelo verde e amarelo nas ruas e infiltrar verdadeiros inimigos do povo dentro do movimento popular, o Diário Causa Operária se coloca na linha de frente do enfrentamento contra tudo isso. 

Se já houve um momento para contribuir com o DCO, este momento é agora. ; Qualquer contribuição, grande ou pequena, faz tremenda diferença. Apoie o DCO com doações a partir de R$ 20,00 . Obrigado.