Uma manifestação de classe… burguesa

Compartilhar:

Qualquer ser humano normal acha incrível como as manifestações golpistas conseguem reunir tanta gente em um País pobre e negro como o Brasil sem que haja negros e pobres. É incrível, mas as imagens não mentem. Os números de manifestantes divulgados pela burguesia são inchados, mas não há dúvida que os coxinhatos reúnem milhares de pessoas. Se acreditarmos nos números divulgados pela burguesia, ou seja, de que meio milhão esteve só na avenida Paulista e que mais de um milhão de pessoas estiveram no País todo, a falta de cidadãos pobres e negros nos atos fica ainda mais surpreendente.

É preciso tirar conclusões dessa constatação que, de tão gritante, nem mesmo a imprensa capitalista e os institutos de pesquisa da direita conseguem esconder. Em primeiro lugar, os coxinhatos revelam que o antagonismo social no Brasil é gigantesco. O muro que separa a burguesia e a classe média alta dos trabalhadores é enorme. Em segundo lugar, e que decorre dessa constatação, é a extrema impopularidade da direita brasileira.

Mesmo com toda a propaganda dos grandes meios de comunicação, todas as TVs e jornais não só divulgaram o ato mas convocaram as pessoas a comparecerem. Mesmo com o apoio explícito do governo de São Paulo e demais governos estaduais e municipais, dos partidos burgueses e de grandes empresas. Mesmo com todo o aparato da burguesia, a direita simplesmente não consegue mobilizar o povo. Não conseguiu ultrapassar os limites dos outros atos e não levaram para a rua além da própria burguesia e da classe média alta.

Esse ato do dia 13 foi ainda mais claramente burguês. Até mesmo a imprensa capitalista não conseguiu esconder o óbvio. Desde os primeiros atos, pesquisas sobre o conteúdo social das manifestações mostram que metade dos presentes tem renda superior a 8 mil reais, que metade dos manifestantes eram brancos e que a esmagadora maioria tinha ensino superior completo.

Fica muito claro que o trabalhador, hipnotizado ou não com a propaganda da imprensa golpista, não só não adere aos coxinhatos como nem passa perto deles.

No ato desse dia 13 foi ainda mais gritante a presença empresarial. Grandes empresas como a lanchonete Habib’s e a loja de departamento Riachuelo fizeram campanha aberta pelo ato. A FIESP que já havia se manifestado das outras vezes, dessa vez foi mais enfática em convocar e apoiar o ato, assim como a Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo que também convocou o coxinhato.

Foi uma manifestação produzida e convocado nos escritórios das empresas. Uma “mobilização” empresarial, ou seja, burguesa, com a participação da classe média alta que faz parte daquela camada de funcionários administrativos dessas empresas, que os trabalhadores conhecem muito bem como os puxa sacos dos patrões.

Tudo assim ainda foi regado com passagens ridículas como a distribuição de abadás pelo Solidariedade de Paulinho da Força e por áreas vips para organizadores e políticos da direita como Ronaldo Caiado, do DEM.

Ficou claro que, embora as manifestação serão usadas para o dar a falsa ideia de amplo apoio ao golpe, não há verdadeiro apoio popular, que é fundamental para o sucesso de qualquer iniciativa política. A burguesia, embora cínica em sua imprensa para ignorar esse fato, sabe que sua incapacidade para mobilização popular é o maior obstáculo que enfrenta desde o início.

artigo Anterior

PM invade Sindicato dos Metalúrgicos do ABC

Próximo artigo

Mais uma vez: o povo na rua sem reivindicações sociais e econômicas

Leia mais

27 Comentários

  1. I just want to mention I am just very new to blogging and site-building and truly loved you’re web blog. Very likely I’m want to bookmark your blog post . You certainly have terrific well written articles. Thanks a bunch for revealing your blog site.

  2. This is the best weblog for anybody who desires to search out out about this topic. You realize a lot its almost laborious to argue with you (not that I truly would need匟aHa). You undoubtedly put a new spin on a topic thats been written about for years. Nice stuff, just great!

  3. I wanted to compose you this tiny note just to say thank you yet again about the remarkable tricks you’ve shown at this time. This is really extremely generous with people like you in giving publicly what a number of people would’ve sold as an e book to make some bucks on their own, most importantly considering that you might have done it if you ever wanted. The concepts in addition served like a fantastic way to fully grasp the rest have similar fervor really like my own to figure out much more concerning this matter. I’m certain there are millions of more fun times in the future for those who read your blog.

  4. I wish to show appreciation to the writer just for bailing me out of this particular scenario. As a result of searching throughout the world-wide-web and obtaining thoughts that were not pleasant, I believed my life was done. Being alive devoid of the answers to the issues you’ve fixed by way of your entire site is a crucial case, and ones that might have adversely damaged my career if I had not encountered your web site. Your knowledge and kindness in touching every part was excellent. I don’t know what I would’ve done if I had not discovered such a solution like this. It’s possible to at this point look ahead to my future. Thank you so much for your skilled and amazing help. I will not be reluctant to recommend your web page to anyone who would need guidance on this topic.

  5. Thank you so much for giving everyone an extraordinarily nice possiblity to discover important secrets from this blog. It really is very sweet and also packed with a good time for me personally and my office acquaintances to visit your website at a minimum three times a week to read the latest stuff you have. And lastly, we’re usually happy for the powerful strategies you serve. Certain 1 points in this posting are in fact the most beneficial we have all ever had.

  6. After I initially commented I clicked the -Notify me when new feedback are added- checkbox and now each time a remark is added I get 4 emails with the identical comment. Is there any approach you can take away me from that service? Thanks!

  7. Good post. I study one thing tougher on completely different blogs everyday. It will all the time be stimulating to learn content material from different writers and observe a little something from their store. I抎 choose to use some with the content material on my weblog whether or not you don抰 mind. Natually I抣l provide you with a hyperlink on your net blog. Thanks for sharing.

  8. This is the fitting blog for anybody who needs to seek out out about this topic. You notice so much its almost arduous to argue with you (not that I actually would want匟aHa). You positively put a new spin on a subject thats been written about for years. Great stuff, just great!

  9. Can I simply say what a reduction to seek out somebody who truly knows what theyre talking about on the internet. You definitely know the right way to deliver an issue to mild and make it important. Extra folks must learn this and understand this facet of the story. I cant believe youre not more standard since you definitely have the gift.

  10. After research a couple of of the weblog posts on your web site now, and I truly like your means of blogging. I bookmarked it to my bookmark web site list and shall be checking back soon. Pls try my website online as effectively and let me know what you think.

  11. Woah! I’m really lovingenjoyingdigging the template/theme of this sitewebsiteblog. It’s simple, yet effective. A lot of times it’s very hardvery difficultchallengingtoughdifficulthard to get that “perfect balance” between superb usabilityuser friendlinessusability and visual appearancevisual appealappearance. I must say that you’veyou haveyou’ve done a awesomeamazingvery goodsuperbfantasticexcellentgreat job with this. In additionAdditionallyAlso, the blog loads veryextremelysuper fastquick for me on SafariInternet explorerChromeOperaFirefox. SuperbExceptionalOutstandingExcellent Blog!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.