O movimento operário precisa aprender das grandes derrotas de 2016

Compartilhar:

Com redução no poder de compra, aumento do desemprego e sob o maior ataque contra seus direitos de todos os tempos, a classe trabalhadora foi posta em uma situação defensiva que precisa ser superada por meio de uma ampla campanha de esclarecimento, da sua mobilização e da sua organização independente do golpismo para derrotar o golpe e lutar por uma alternativa dos explorados diante da crise

O ano de 2016 ficará marcado na história da classe trabalhadora brasileira como aquele em que sofreu algumas de suas maiores derrotas.

Submetidos a uma grave situação de crise econômica e política impulsionada diretamente pelo imperialismo e pelos seus agentes golpistas no País, os trabalhadores estão vendo cessar um período de mais de uma década de pequeno crescimento da média salarial, com o achatamento de seus salários que, na maioria das categorias, não alcançou sequer a reposição de suas perdas salariais no ano passado. Já no fim de 2016, milhares de trabalhadores foram traídos por sindicalistas que aceitarem acordos que impõem até mesmo perdas e reduções salariais.

No serviço público, milhões de trabalhadores ficaram ou permaneceram com seus salários “congelados” (sem qualquer reajuste), tiveram seus vencimentos parcelados e atrasos de até meses, o que faz com dezenas de milharas de servidores – como no caso do Rio de Janeiro – chegassem ao final do ano sem nem mesmo saberem quando receberão os salários em atraso.

Em centenas de prefeituras e governos estaduais, impôs-se (ou se discute) um aumento dos descontos previdenciários, o que – de fato – representa uma redução salarial.

O desemprego atingiu os mais altos índices em mais de 10 anos, alcançando bem mais do que os 12 milhões anunciados pelo IBGE, sob a direção dos golpistas, nos quais não se incluem os milhões de trabalhadores que “desistiram” de procurar emprego e os jovens que não conseguem ingressar no mercado de trabalho.

Mais grave, no entanto, é que esta situação se encaminha para um acentuado agravamento, como demonstra a queda nas vendas natalinas (3% em relação a 2015) e, principalmente, as medidas adotadas pelo governo golpista no sentido de impor o maior ataque contra as condições de vida da classe trabalhadora de todos os tempos.

 

O pior está por vir

 

O ano de 2017, começa sob o império da “lei do teto” (PEC 55), que estabelece uma redução dos gastos públicos, disfarçada de “congelamento” (com reajuste limitado ao aumento da inflação do an anterior), que o governo golpista pretende usar como ponto de apoio para impor brutais ataques a investimentos públicos que vinham crescendo em áreas fundamentais como Saúde, Educação, Moradias Saneamento etc etc. O que além dos notórios prejuízos às condições de vida da maioria da população, já está levando à um brutal queda do emprego, em setores essenciais como a construção civil, comércio, indústria naval etc.

A “reforma da Previdência”, em tramitação no Congresso, além do efeito imediato de condenar os trabalhadores com mais de 45 anos com um “multa” de 50% de acréscimo no tempo de trabalho que seria necessários para sua aposentadoria em 2016, fazendo com que um trabalhador que teria que trabalhar por mais 10 anos, tenha que continuar na ativa (se conseguir) por mais 5 anos, aponta no sentido da liquidação real das aposentadorias. Isso ao estabelecer a necessidade de um mínimo de 49 anos de contribuição e uma idade mínima de 65 anos para conquistar a aposentadoria, o que vai levar a que os trabalhadores se aposentem em média após os 74 anos, se mantidas as condições atuais (que eles buscam piorar) nas quais o trabalhador se aposenta em média 5 anos após o prazo mínimo estabelecido.

Tem mais, bem pior e com efeitos quase imediatos. A “reforma trabalhista” que o governo quer impor, com o apoio do congresso reacionário, manipulado pela imprensa golpista e assediado pelos demais patrocinadores do golpe, visa estabelecer o fim da legislação trabalhista (CLT), com décadas de conquistas dos trabalhadores, fazendo com que a situação retroceda nos próximos anos à condições semelhantes à do século XIX, com jornadas de trabalho de até 12 horas diárias, fim paulatino das férias e 13° salário, contratos temporários de até oito meses etc. etc.

 

Defensiva

 

Esta situação esta sendo imposta em uma situação de profunda defensiva imposta à classe operária pelo retrocesso econômico, que gera o temor do desemprego (um dos piores males para a classe trabalhadora) e pelo retrocesso político, provocado pelas derrotas sofridas pelas  principais organizações políticas e sindicais que ocupam o lugar de representantes dos seus interesses no último período.

No último ano, a classe operária e todos os explorados assistiram e sofreram com o maior ataque contra os partidos de esquerda (em primeiro lugar, o PT) e seus dirigentes, incluindo ex-sindicallistas, que prenunciam um ataque ainda maior contra os sindicatos e com a ameaça da prisão da maior liderança do movimento de luta dos trabalhadores das últimas décadas, o ex-presidente Lula (o que é inegável, independente das posições profundamente divergentes que possamos ter em relação à sua orientação política e atos praticados em favor dos grandes capitalistas).

 

Lições fundamentais

 

Ainda sob a orientação da política dominante no movimento operário, os trabalhadores sofreram duas importantes derrotas políticas no ano que passou. Primeiro, a vitoria do golpe, com a destituição da presidenta Dilma Roussef (PT), eleita pela maioria do povo brasileiro, substituída por um marionete dos agentes do imperialismo que não teve um único voto popular para assumir a presidência da República.

A derrota foi facilitada pela ilusão, declarada e assumida por muitos dirigentes – como Lula – de que a aliança com setores da burguesia (beneficiados por medidas capitalistas dos governos da frente popular) iria “salvar a pele” de Dilma e do governo, o que levou a uma ampla vacilação e demora em se posicionar  contra golpe e se mobilizar nas ruas diretamente contra ele e, depois, em uma ilusão de que setores da direita, antigos “aliados” seriam convencidos por argumentos e não se submeteriam à intensa pressão política, econômica, publicitária etc, a favor do golpe.

A ilusão democrática dessa “esquerda” levou ainda à que a mesma “mergulhasse de cabeça” na crença, sem fundamentos na realidade, de que seria possível vencer direita no jogo de cartas marcadas das eleições golpistas, totalmente controlados por pilares do golpe de Estado, como a imprensa burguesa e a justiça.

 

Levantar, sacudir a poeira e dar a volta por cima

 

O tamanho do ataque corresponde não só ao voraz apetite dos grandes monopólios capitalistas que desejam e precisam expropriar ainda mais a classe trabalhadora e dilapidar a economia nacional para tentar manter seus lucros em uma etapa de crise histórica que caminha para um novo e maior colapso capitalista, mas também diz respeito ao tamanho e à força colossal da classe operária brasileira, uma das mais importantes do mundo.

“Ninguém chuta cachorro morto”, diz o ditado popular. A brutal ofensiva, a compra de amplas parcelas do sindicalismo pelego para poiar suas posições reacionárias, a pesada campanha a favor dos ataques por parte da imprensa golpista e, principalmente, as medidas de cassação dos direitos democráticos de todo o povo para tentar impedir a reação operária e popular, mostram o medo – devido – que a burguesia nacional e imperialista têm da reação da classe operária.

A tarefa, portanto, é colocar em movimento esse gigante. O setor mais combativo e poderoso do proletariado brasileiro, a classe operária, principalmente das fábricas e grandes concentrações produtivas (como os petroleiros, entre outros).

É preciso dissipar as confusões e superar as ilusões democráticas presentes na atual etapa. Denunciando e mostrando claramente o caráter reacionário das medidas, principalmente, do próprio regime político que as impõe.

Combater a ilusão de que é possível derrotar as medidas dos golpistas por meio de lutas isoladas contra cada uma delas. Mostrando que mais do que nunca é preciso uma luta geral, unificada, como os métodos próprios da classe operária, como a greve geral para barrar a ofensiva  atual. Que esta luta tem que estar dirigida contra todo o regime golpista, e não apenas contra um dos seus elementos (Temer). Que da mesma forma que a direita precisou derrubar o governo eleito (e pode até mesmo ter que derrubar o governo Temer), a classe operária e todos explorados precisam impor uma derrota de conjunto ao golpe, anulando o impeachment como ponto de partida para dar lugar a uma ofensiva contra a direita, cancelando todas as sua medidas e lutando para impor suas reivindicações diante da crise.

Para avançar nesta perspectiva independente da burguesia e dos seus planos de forme e miséria, começar o ano, trabalhando duramente pela organização própria dos trabalhadores e da juventude, nos seus locais de trabalho, estudo e moradia. Construindo milhares de comitês de luta pela derrota do golpe, contra a prisão de Lula e pela anulação do impechment.

artigo Anterior

A “Cidade Linda” de Dória: golpista encarcera moradores de rua em viadutos

Próximo artigo

Direção do BB e Dória: parceria pela privatização em São Paulo

Leia mais

30 Comentários

  1. I happen to be writing to let you understand of the remarkable experience our princess had browsing your site. She came to find a wide variety of things, including what it is like to have a wonderful coaching mindset to let the rest without difficulty learn certain multifaceted matters. You undoubtedly exceeded her desires. Many thanks for providing these productive, trusted, revealing and as well as cool tips about that topic to Emily.

  2. Thank you for all of the work on this web page. Debby really loves making time for internet research and it’s really obvious why. Many of us notice all concerning the dynamic manner you create insightful ideas via the blog and even recommend response from the others on this content so our favorite girl is always being taught a whole lot. Take advantage of the rest of the new year. You’re carrying out a remarkable job.

  3. I抦 impressed, I have to say. Really rarely do I encounter a weblog that抯 each educative and entertaining, and let me inform you, you’ve hit the nail on the head. Your thought is excellent; the issue is one thing that not enough people are talking intelligently about. I’m very happy that I stumbled across this in my seek for one thing regarding this.

  4. I am glad for writing to make you be aware of of the remarkable discovery my wife’s princess gained going through your web page. She mastered numerous details, which included what it is like to possess a great giving mindset to have the others smoothly have an understanding of specific extremely tough subject matter. You really surpassed her desires. Thanks for coming up with the insightful, dependable, edifying and as well as unique tips about the topic to Gloria.

  5. I抦 impressed, I need to say. Really not often do I encounter a blog that抯 each educative and entertaining, and let me tell you, you’ve gotten hit the nail on the head. Your thought is excellent; the difficulty is something that not sufficient persons are speaking intelligently about. I am very glad that I stumbled across this in my search for one thing regarding this.

  6. I simply desired to appreciate you once more. I do not know the things that I might have worked on in the absence of the tricks documented by you on that subject matter. It had been a very troublesome dilemma in my opinion, however , understanding the skilled style you handled it took me to leap over delight. I’m just grateful for this help and even trust you comprehend what an amazing job that you are getting into educating many others using your blog post. I know that you have never got to know any of us.

  7. I抦 impressed, I have to say. Actually not often do I encounter a blog that抯 both educative and entertaining, and let me inform you, you’ve hit the nail on the head. Your concept is excellent; the issue is one thing that not sufficient individuals are speaking intelligently about. I’m very glad that I stumbled throughout this in my seek for one thing regarding this.

  8. There are certainly quite a lot of details like that to take into consideration. That may be a nice level to bring up. I provide the thoughts above as basic inspiration however clearly there are questions just like the one you bring up where the most important factor might be working in honest good faith. I don?t know if greatest practices have emerged around things like that, however I am sure that your job is clearly recognized as a good game. Each girls and boys feel the influence of just a moment抯 pleasure, for the remainder of their lives.

  9. I precisely wished to say thanks yet again. I do not know what I might have accomplished without the actual ideas revealed by you concerning such situation. It was before an absolute frustrating crisis in my view, but encountering your well-written avenue you dealt with the issue forced me to leap over happiness. I’m happy for this assistance and even have high hopes you really know what an amazing job you are providing instructing many people via your webblog. I know that you haven’t come across any of us.

  10. A formidable share, I just given this onto a colleague who was doing just a little analysis on this. And he in actual fact bought me breakfast as a result of I discovered it for him.. smile. So let me reword that: Thnx for the deal with! But yeah Thnkx for spending the time to discuss this, I really feel strongly about it and love studying more on this topic. If attainable, as you change into expertise, would you thoughts updating your blog with more particulars? It is extremely useful for me. Massive thumb up for this weblog put up!

  11. An fascinating discussion is worth comment. I believe that it’s best to write more on this subject, it may not be a taboo subject but generally persons are not enough to talk on such topics. To the next. Cheers

  12. This is the proper blog for anyone who desires to seek out out about this topic. You realize a lot its virtually onerous to argue with you (not that I actually would want匟aHa). You undoubtedly put a brand new spin on a subject thats been written about for years. Nice stuff, simply nice!

  13. Good post. I learn something more difficult on totally different blogs everyday. It can at all times be stimulating to read content from different writers and follow a little bit something from their store. I抎 want to use some with the content material on my blog whether you don抰 mind. Natually I抣l provide you with a link on your internet blog. Thanks for sharing.

  14. Needed to compose you this very small observation just to give many thanks again on the unique strategies you have featured in this article. It is really pretty generous with you to present publicly all that a lot of people would have marketed for an electronic book to generate some cash on their own, most notably since you might well have done it if you ever considered necessary. These inspiring ideas additionally worked to provide a good way to be aware that someone else have a similar interest similar to my very own to learn way more with respect to this matter. I think there are several more fun situations ahead for individuals who see your website.

  15. Thank you so much for providing individuals with remarkably remarkable opportunity to read from this web site. It’s always so nice plus stuffed with a lot of fun for me personally and my office co-workers to search your web site minimum thrice a week to study the latest items you have got. Not to mention, I am just usually astounded for the excellent solutions you give. Some 2 areas on this page are in fact the most efficient we’ve ever had.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.