Perseguição política: Lula vira réu na Operação Zelotes

Compartilhar:

O juiz federal Vallysney Oliveira, da 10ª Vara federal aceitou na última sexta feira, 16, a denúncia do Ministério Público contra Lula, seu filho Luis Cláudio Lula da Silva. Ambos viraram réus na Operação Zelotes. Além de Lula e o filho, também viraram réus o casal Mauro Marcondes e Cristina Mautoni sócios da consultoria Marcondes e Mautoni Empreendimentos e Diplomacia.

A denúncia do Ministério Público Federal acusa Lula de tráfico de influência, organização criminosa e lavagem de dinheiro envolvendo a compra de 36 caças Gripen da empresa sueca Saab, ocorrida entre 2013 e 2015.

De acordo com a denúncia, o ex-presidente teria interferido nas negociações entre o governo federal e a empresa sueca com o objetivo de beneficiar clientes da empresa de consultoria na transação comercial. Ainda de acordo com o ministério público, a empresa de marketing esportivo do filho de Lula, Luiz Cláudio, teria recebido 2,55 milhões da empresa de Mauro Marcondes e Cristina Mautoni.

Apesar da denúncia, nos trechos divulgados não é citado qualquer indício concreto de que Lula tenha intervindo de fato nas negociações. Não há também indícios concretos de que Lula teria prometido benefícios a Marcondes, nem de que tenha pedido pagamentos à empresa de seu filho.

Ou seja, a denúncia e a decisão do juiz de tornar o ex-presidente réu não passa de mais um capítulo da campanha de perseguição política feita de maneira sistemática pelos golpistas contra o ex-presidente.

Além da operação Zelotes, Lula é alvo de dois inquéritos na Lava Jato, em um processo que investiga um suposto esquema de corrupção na Petrobras e também por tentativa de obstrução à justiça, quando foi nomeado para Ministro da Casa Civil pela então presidenta Dilma Rousseff.

Esse novo fato contra o ex-presidente demonstra que os golpistas continuam e intensificam sua perseguição contra Lula. Sua prisão é um dos principais objetivos do golpe de Estado.

Se os golpistas tiveram êxito será um duro ataque contra toda a esquerda nacional e as organizações da classe operária. Nesse sentido é preciso se contrapor à investida da direita com uma campanha em defesa do ex-presidente e contra a prisão de Lula.

artigo Anterior

Tucano Golpista acaba com a gratuidade para idosos

Próximo artigo

Delação Odebrecht, o circo montado pelos golpistas

Leia mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.