O fascismo: um movimento para aniquilar as organizações operárias

Compartilhar:

Após o golpe, e, necessariamente, antes deste, o fascismo e os movimentos de extrema-direita crescem no Brasil e no mundo. A gigantesca confusão que é gerada por esses movimentos coloca a pergunta: o que é e o que não é fascismo?

Nesta série de três artigos, serão discutidos o mesmo número de temas: primeiro, o que é o movimento fascista e suas raízes sociais; um segundo dirá qual é a ideologia do movimento fascista e o que é a organização fascista; e, finalmente, um artigo sobre o fascismo nos dias de hoje. Sem mais delongas, ao assunto.

O fascismo surgiu pela primeira vez na Itália. O movimento fascista surge em meio à Primeira Guerra Mundial, a partir de um racha do Partido Socialista Italiano (PSI), um partido reformista, que abandonou a ideologia marxista por uma política de “reformar” o capitalismo. Benito Mussolini, recém-saído do PSI, fundou os fasci di combattimento, o embrião do Partido Nacional Fascista.

A situação política e econômica na Itália era instável, para dizer o mínimo. A participação da Itália na Primeira Guerra Mundial levou o país à beira da falência, além de matar e mutilar centenas de milhares. As contradições eram imensas. A burguesia organizou uma guerra por territórios e mercados, e quem foi lutar foram os trabalhadores, que nada tinham a ganhar. Para justificar o enorme esforço de guerra, uma forte campanha nacionalista, por parte das burguesias, surgiu em todos os países envolvidos. Os fascistas saíram como os principais defensores do nacionalismo e da guerra, e o movimento se mostrou uma alternativa para a burguesia.

Após a guerra, a crise social apenas aumentou. Em 1917, aconteceu a Revolução de Outubro, que levou o proletariado ao poder pela primeira vez, mudando o cenário político. A guerra mundial, a fome e a destruição colocaram o movimento operário na defensiva, mas a república dos sovietes deu força ao proletariado mundial.

Na Itália, o movimento operário começou a ganhar força novamente. Surge o Partido Comunista, e a tensão é sucedida por grandes greves. Na Alemanha, a Liga Espartaquista, predecessora do Partido Comunista Alemão, começa uma revolução que é derrotada, onde morrem Rosa Luxemburgo e Karl Liebknecht.

A situação era volátil. Na Itália, a classe trabalhadora também se preparava para uma tomada do poder. O movimento operário ganhava força e o fascismo também crescia, mas em velocidades muito diferentes. Em 1920 começou uma onda de greves com ocupações de fábrica, um levante de caráter revolucionário, e as forças de repressão já não conseguiam mais parar as greves e nem o fascismo. Mas a força maior naquele movimento era o PSI, que coloca um freio às mobilizações. Lentamente o movimento começa a refluir, uma derrota estava sendo imposta pelas direções do movimento operário.

A burguesia, vendo a derrota do movimento, começa a considerar uma contrarrevolução, a tomada do poder pelo fascismo. De 1920 a 1922, a história italiana é marcada por um crescimento vertiginoso do fascismo, crescimento tradicional de movimentos apoiados pela grande burguesia. As esquadras fascistas estavam sendo usadas para atacar o movimento operário, e a esquerda cedia mais espaço ao fascismo, não achava possível que este chegasse ao poder, muito como no golpe que ocorreu no Brasil em 2016.

Finalmente, o fascismo chegou ao poder em 1922. Terminamos, assim, uma brevíssima história do fascismo italiano, para ilustrar a análise que faremos a seguir. Uma análise sobre o governo fascista será feita no próximo texto da série.

O Fascismo é um movimento de massas contrarrevolucionário. Mas no que implica essa afirmação?

Em seus primórdios, é necessário dizer que, diferentemente da direita tradicional, o fascismo criou uma militância e uma organização de massas para atacar o movimento operário. Que setores compõem o fascismo? A burguesia naturalmente domina o movimento, mas ela não tem número para um movimento de massas, então o fascismo cresce entre a pequena-burguesia, as classes médias. Dentro do Partido Fascista de Mussolini havia muitos estudantes, funcionários do estado, advogados, médicos, membros do judiciário e, principalmente, funcionários da repressão e das forças armadas. Mas a pequena-burguesia não é a única que simpatiza com o fascismo. Por causa da intensa demagogia social do fascismo, ele atrai para dentro do movimento um setor da classe trabalhadora desesperado e desmoralizado, o chamado lumpemproletariado. Esses são os desempregados e, com eles, os criminosos e foras-da-lei de todo o tipo, um setor atrasado ligado à classe operária, que vê no fascista uma saída para a sua situação desesperada. Mas isso não dá um caráter “lumpemproletário” ao fascismo. Ele, em primeiro lugar e em muito maior número, organiza a pequena-burguesia. O fascismo é, sem dúvida, um movimento burguês.

Quando surge o fascismo?

O fascismo já existe na sociedade, existem grupos fascistas de vários tipos e tamanhos (o último texto explicará mais sobre esses grupos), mas as maneiras como ele se desenvolve são muito importantes. O fascismo surgiu de um acirramento da luta entre as classes, foi se desenvolvendo e se enfrentando com a classe operária. Ele cresce com a crise social, mas, ao contrário do que pensam, não cresce para sufocar um levante revolucionário. O fascismo chegou ao poder depois de os trabalhadores da Itália terem sido derrotados, então, nesse sentido, o fascismo foi uma arma solidificar uma vitória sobre o povo. O principal alvo do fascismo são os partidos da democracia burguesa, e não os da revolução. Por isso que ele surge e se desenvolve na luta dos partidos de direita contra partidos democráticos burgueses como o PT, tal como vemos hoje.

O que fazem os fascistas? E por que fascistas e não militares?

O fascismo organiza milícias de capangas para mandar atacar os sindicatos, espancar trabalhadores, quebrar greves na força. Os fascistas começam uma campanha de terror contra a esquerda, invadem sindicatos, centros acadêmicos, numa tentativa de expulsar os movimentos políticos do cenário político. Então por que não usar o exército? O exército, em situações em que a burguesia está cogitando o fascismo, entra em cena dividido, não há coesão dentro das forças armadas para realizar o golpe sozinho. O fascismo reúne uma milícia coesa ideologicamente, que não teme represálias do Estado para atacar os movimentos operários. Na Itália, os fascistas reuniram-se com pedaços de madeira, facas e armas para atacar o movimento operário, tudo isso fundamentado num movimento de massas gigantesco: o Partido Fascista chegou a ter 6 milhões de filiados. A milícia fascista, por questões de coesão política e ideológica, tem mais condições de enfrentar o movimento operário.

Fascismo é um movimento de massas construído pela burguesia, com o objetivo de acabar com a democracia operária, suprimir não só os sindicatos, mas as organizações de caráter popular também. Portanto, é necessário haver uma organização e uma ideologia que justifiquem essa barbárie (tema do nosso próximo texto).

artigo Anterior

Snowden e o golpe no Brasil

Próximo artigo

Golpistas se aproveitam da crise do Rio

Leia mais

27 Comentários

  1. I just want to mention I am just beginner to weblog and absolutely loved you’re page. Likely I’m want to bookmark your blog . You really come with superb writings. Appreciate it for sharing with us your blog site.

  2. Can I just say what a relief to search out someone who really is aware of what theyre speaking about on the internet. You positively know tips on how to deliver a difficulty to gentle and make it important. Extra people need to read this and understand this facet of the story. I cant imagine youre not more fashionable because you definitely have the gift.

  3. I must show my passion for your kindness supporting women who must have help on in this subject matter. Your real commitment to passing the message across turned out to be unbelievably productive and has usually helped others like me to get to their desired goals. This informative advice means so much a person like me and even more to my mates. Best wishes; from each one of us.

  4. I抦 impressed, I need to say. Actually not often do I encounter a blog that抯 each educative and entertaining, and let me let you know, you have got hit the nail on the head. Your idea is outstanding; the difficulty is one thing that not sufficient individuals are speaking intelligently about. I am very joyful that I stumbled throughout this in my seek for one thing referring to this.

  5. Thanks a lot for giving everyone such a spectacular possiblity to discover important secrets from this site. It is usually so kind plus full of a great time for me and my office friends to visit your site at minimum thrice every week to see the new things you have got. Not to mention, I’m just at all times contented considering the dazzling methods you give. Certain two points on this page are in reality the best I have ever had.

  6. Thanks so much for providing individuals with such a brilliant chance to read articles and blog posts from this website. It can be very useful and also packed with a good time for me and my office acquaintances to search your blog on the least three times per week to find out the newest guides you have got. Not to mention, we are actually fascinated for the gorgeous ideas you give. Certain 1 tips on this page are in truth the best we have had.

  7. Nice post. I be taught something more difficult on completely different blogs everyday. It would all the time be stimulating to read content from different writers and observe slightly something from their store. I抎 choose to use some with the content on my blog whether or not you don抰 mind. Natually I抣l provide you with a link in your internet blog. Thanks for sharing.

  8. Thanks so much for giving everyone an extraordinarily pleasant opportunity to read critical reviews from here. It is usually very cool plus stuffed with fun for me and my office mates to search your site on the least thrice in a week to find out the fresh stuff you will have. And lastly, I am just at all times fascinated with your remarkable inspiring ideas you serve. Selected 1 points in this post are undoubtedly the very best I have ever had.

  9. There are some interesting points in time in this article but I don抰 know if I see all of them heart to heart. There is some validity however I will take hold opinion till I look into it further. Good article , thanks and we want extra! Added to FeedBurner as well

  10. There are actually a number of details like that to take into consideration. That may be a great point to convey up. I provide the thoughts above as basic inspiration but clearly there are questions like the one you bring up the place crucial thing might be working in honest good faith. I don?t know if best practices have emerged around things like that, but I am certain that your job is clearly identified as a fair game. Each boys and girls feel the impact of just a moment抯 pleasure, for the rest of their lives.

  11. I抦 impressed, I need to say. Actually rarely do I encounter a blog that抯 each educative and entertaining, and let me tell you, you’ve hit the nail on the head. Your thought is excellent; the problem is something that not sufficient persons are speaking intelligently about. I am very joyful that I stumbled throughout this in my seek for something referring to this.

  12. Thank you for all of the work on this site. My aunt take interest in setting aside time for internet research and it is simple to grasp why. A lot of people know all concerning the lively manner you make very helpful information through the web site and as well as cause participation from some other people on the theme and our favorite child is actually being taught so much. Enjoy the rest of the new year. You are conducting a remarkable job.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.