Brasileirão 2017 – Três jogos e treze gols. Trigésima terceira rodada foi fechada em grande estilo

Compartilhar:
Brasileirão 2017 - Três jogos e treze gols. Trigésima terceira rodada foi fechada em grande estilo.

Três jogos marcaram o encerramento da trigésima terceira rodada do Brasileirão 2017, um dos maiores e mais importantes campeonatos de futebol de clubes do mundo. Faltam somente cinco rodadas para o encerramento e cada jogo agora tornou-se decisivo para o que cada clube pretende almejar na competição.

Dois tricolores estiveram em ação no complemento da rodada. Os dois jogaram em casa e repetindo o que ocorreu, por várias vezes, ao longo de todo o campeonato, São Paulo e Fluminense não corresponderam às expectativas de suas torcidas.

O tricolor paulista vinha embalado depois de três vitórias consecutivas, o que lhe permitia vir sonhando inclusive com uma vaga na Libertadores do próximo ano. A partida contra a Chapecoense tinha tudo para abrilhantar ainda mais a arrancada do time do Morumbi rumo ao pelotão dianteiro da tabela. Mas não foi o que aconteceu. O time da capital paulista teve que buscar o suado empate depois de estar perdendo por 2 x 0. O resultado de 2 x 2 frustrou, em parte, as expectativas dos tricolores paulistas, pois almejavam subir na tabela e entrar de fato na briga por uma vaga na libertadores. Mas a posição do São Paulo ainda é de lutar rumo à mais importante competição do continente, entretanto, a tarefa se vê agora um pouco mais complicada depois de perder a chance de vencer dentro de casa. Para a Chapecoense, o empate fora de casa, em termos de tabela, não pode ser considerado um resultado animador. O time está posicionado entre os “embolados”, na décima quarta posição, com 41 pontos.

Outro tricolor que deu a maior bobeira foi o Fluminense. O time carioca deixou escapar a ótima oportunidade de espantar de vez o fantasma do rebaixamento. Jogando no Maracanã e enfrentando um dos adversários diretos que também lutam contra o descenso, o time de Abel Braga voltou a apresentar as mesmas falhas na defesa. Levou dois gols de bola parada, o que vem sendo uma constante no campeonato. O Fluminense chegou a virar o jogo fazendo 2 x 1 mas cedeu o empate num escanteio em que o zagueiro se adiantou e cabeceou forte, certeiro, sem nenhuma chance para Diego Cavalieri. O calvário tricolor ainda não terminou e o time terá que lutar até a última rodada para não ir parar novamente na segundona.

Quem também passou um grande sufoco mas acabou vencendo foi o Atlético-MG. O time de Belo Horizonte enfrentou o homônimo goiano e teve que se esforçar muito para conseguir uma virada, pois esteve em desvantagem por duas vezes na partida. O Galo Mineiro só encontrou a vitória no segundo tempo, depois de muito pressionar e marcar através de Luan e Fred. O resultado faz com que o time mineiro respire um pouco mais aliviado, mas ainda não garantiu nada de expressivo na competição. O espectro do rebaixamento parece estar afastado, mas o time permanece no pelotão intermediário da tabela, brigando com vários outros concorrentes para assegurar uma vaga em alguma competição importante, sendo a mais provável a copa Sul-Americana.

artigo Anterior

COTV: Uzwela – Conversa com a banda Surra HC

Próximo artigo

Até por morte de cachorro direita investiga Dilma

Leia mais

Deixe uma resposta