Doria quer destruir previdência dos servidores

Compartilhar:
Nem o DEM quer mais o Doria

Com sua impopularidade avançando cada vez mais Doria segue desenvolvendo políticas de apoio ao capital internacional e ao imperialismo. Nesta semana a gestão tucana da prefeitura de São Paulo encaminhou à Câmara dos Vereadores uma proposta de reforma da previdência municipal que tem dois pontos principais: aumentar a contribuição dos trabalhadores e a articulação com um sistema complementar.

A gestão do prefeito alega um déficit crescente no sistema, que pode chegar a R$20 bilhões em 2025. Ameaçam ainda afirmando que caso a reforma não acontece os pagamentos poderiam atrasar a partir de 2019.

Com argumentos semelhantes aos de Temer, fazendo terrorismo com a possibilidade de falta de dinheiro para pagamentos aos aposentados. Doria procura encontrar uma forma de delegar aos servidores municipais a conta do déficit da previdência.

O prefeito, que concedeu uma série de incentivos fiscais ao longo do ano bem como outros benefícios a empresários na capital paulista, agora faz afirmações sobre a falta de verbas e déficits orçamentários.

artigo Anterior

Mais uma do golpista João Doria: áreas sociais vão ter corte de R$ 1,5 bilhão

Próximo artigo

Corinthians vence a segunda consecutiva e afirma sua condição de virtual campeão. Santos e Palmeiras são derrotados e se distanciam do líder

Leia mais

Deixe uma resposta