Deprecated: Methods with the same name as their class will not be constructors in a future version of PHP; Wdfb_WidgetEvents has a deprecated constructor in /home/causaoperaria/www/wp-content/plugins/wpmu-dev-facebook/lib/class_wdfb_widget_events.php on line 6

Deprecated: Methods with the same name as their class will not be constructors in a future version of PHP; Wdfb_WidgetLikebox has a deprecated constructor in /home/causaoperaria/www/wp-content/plugins/wpmu-dev-facebook/lib/class_wdfb_widget_likebox.php on line 6

Deprecated: Methods with the same name as their class will not be constructors in a future version of PHP; Wdfb_WidgetRecentComments has a deprecated constructor in /home/causaoperaria/www/wp-content/plugins/wpmu-dev-facebook/lib/class_wdfb_widget_recent_comments.php on line 6

Warning: session_start(): Cannot send session cookie - headers already sent by (output started at /home/causaoperaria/www/wp-content/plugins/wpmu-dev-facebook/lib/class_wdfb_widget_events.php:6) in /home/causaoperaria/www/wp-content/plugins/wpmu-dev-facebook/lib/external/facebook.php on line 60

Warning: session_start(): Cannot send session cache limiter - headers already sent (output started at /home/causaoperaria/www/wp-content/plugins/wpmu-dev-facebook/lib/class_wdfb_widget_events.php:6) in /home/causaoperaria/www/wp-content/plugins/wpmu-dev-facebook/lib/external/facebook.php on line 60
Direita impulsiona candidaturas de "esquerda" contra Lula - Diário Causa Operária Online

Direita impulsiona candidaturas de “esquerda” contra Lula

Compartilhar:
Direita impulsiona candidaturas de "esquerda" contra Lula 1

Diante da grave crise que assola o governo golpista e todo o regime político brasileiro, que se aprofunda a cada dia que passa, eis que surge uma nova candidatura no interior da “esquerda” nacional: o PCdoB anunciou oficialmente a pré-candidatura de Manuela D’avila, deputada estadual no RS, à presidência da República no ano que vem.

O anúncio é curioso, visto que nas últimas eleições o PCdoB não apresentou candidato próprio para as eleições presidenciais e fez parte da coligação que elegeu os governos do PT. Agora, após o golpe de Estado dado na presidenta Dilma, e diante de toda a perseguição ao ex-presidente Lula, vem a campo o PCdoB apresentar uma candidatura própria, de acordo com alguns de seus militantes, com o objetivo de apresentar um “programa próprio” para o Brasil. Outros militantes do PCdoB, que curiosamente se consideram mais maliciosos, julgam que se trata de mera barganha eleitoral. Toda essa manobra seria na verdade o PCdoB buscando o seu lugar ao sol. O grande problema seria que o PT é muito “hegemônico” e egoísta.

O que temos na realidade é que, por baixo de toda essa cobertura demagógica, mais uma vez a direita procura armar um velho esquema, implementado pela última vez no Brasil em 1989. Diante da ampla desmoralização do regime político e do crescimento de uma candidatura apoiada pelos setores populares, a direita procura, com os seus vastos recursos, impulsionar diversas candidaturas que supostamente seriam de esquerda, com o objetivo de minar o candidato popular mais forte. Evidentemente que este foi só um dos variados ardis empregados pela direita em 1989, mas o fato é que nesse caso específico a estratégia é essencialmente a mesma. E curiosamente esse esquema foi armado anteriormente contra o mesmo Lula, perseguido atualmente pelo aparato jurídico golpista.

Mesmo que tudo isso não passasse mesmo de mera manobra do PCdoB para angariar uma fatia da popularidade do PT, cabe a pergunta: a atual conjuntura permite esse tipo de brincadeira? Ou, mais popularmente, o mar está para peixe?

Os setores mais avançados da população já perceberam que não é nem um pouco inteligente apostar todas as fichas da esquerda nas eleições, visto que é justamente disso que se trata o golpe de Estado: 54 milhões e meio de brasileiros votaram na presidenta Dilma em 2014 e a direita não quis saber. Derrubaram Dilma e tiraram o PT e toda a esquerda do governo. Entretanto, mesmo depois de um acontecimento profundamente didático como esse, quase a totalidade da esquerda brasileira insiste no remédio placebo das eleições, como se essa pípula de farinha fosse capaz de curar todas as enfermidades do regime político atual.

Ciro Gomes, torcedor da Lava Jato

Dessa vez foi o PCdoB quem entrou nessa dança, onde já balançam o esqueleto Ciro Gomes, de um lado, e Boulos e o Psol, de outro.

Tarso, Luciana e PCB: com quem Boulos fundou o Vamos?

Embora não seja a política do PCO apostar em eleições diante do golpe que pesa sobre nossas cabeças, é fundamental denunciar todas essas candidaturas com roupagem esquerdista, que são estimuladas pela direita e que têm nesse momento a única função de enfraquecer eleitoral e politicamente a candidatura de Lula, contribuindo para a sua condenação e prisão.

artigo Anterior

Dilma: “anulação do impeachment é questão de justiça”

Próximo artigo

Frase

Leia mais

Deixe uma resposta