O golpe militar e a paralisia da esquerda nacional

Compartilhar:

A realidade do golpe militar agora aparece com muito mais nitidez após as declarações do General Mourão sobre uma possível intervenção militar, mesmo assim já era possível imaginar que o desdobramento do golpe fosse levar a este caminho, pois não existe processo golpista sem que as Forças Armadas não estejam envolvidas.
O Brasil é um país onde ainda está presente de modo muito forte a participação dos militares dentro do regime político, as turbulências e manobras políticas dos golpistas para o caos político que o país se encontra contaram com a tutela dos militares. Neste momento, com a crise política se aprofundando, o risco de uma intervenção militar se acentuou.
Perante os perigos que estamos enfrentando com os militares se articulando, a paralisia da esquerda é assustadora. Os palavrórios da esquerda de descontentamento e sua inação só torna o ato uma atitude histérica. Os poucos meios de comunicação da esquerda não se posicionaram efetivamente contra isto, mostrando também que a parte esquerdista que não é histérica, está dormindo.

Ouça isto e mais na Rádio Causa Operária

artigo Anterior

A globalização a um passo de tirar a Argentina da Copa de 2018

Próximo artigo

Dilma defende a anulação do impeachment

Leia mais

Deixe uma resposta