Por que lutar pela anulação do impeachment?

Compartilhar:

O golpe de Estado no Brasil entrou em seu momento mais delicado. Recentes declarações do alto comando das Forças Armadas reforçam a grande possibilidade de o golpe hoje vivido se desenvolver para a sua forma militar. Isso representa a evolução dos ataques da burguesia ao trabalhador da cidade e do campo.

Diante disso, porém, enquanto a direita cresce em todos as esferas, as organizações da esquerda pequeno-burguesa negam a luta contra o golpe por acreditar que tudo será resolvido nas eleições. Acreditar nisso é se iludir com o funcionamento democrático do regime controlado pelos golpistas, os mesmos que derrubaram a presidenta Dilma Rousseff.

Não se pode admitir que seja colocada de lado a mobilização do povo contra os golpistas em prol de eleições que nem sabemos ao certo se ocorrerá. Mesmo se houver eleições (algo incerto), veremos um cenário completamente manipulado pela direita golpista, repleto de campanhas fraudulentas apoiadas pela Rede Globo. Por isso é que os golpistas querem prender o Lula, para evitar que o roteiro natural do golpe encontre obstáculos na candidatura do ex-presidente.

Dessa maneira, o Partido da Causa Operária (PCO) reitera a necessidade de não deixarmos que falsas esperanças eleitorais derrotem o golpe. O conjunto da direita golpista será derrotada apenas se houver uma ampla organização de luta dos trabalhadores e dos movimentos democráticos contra todos os golpistas. Para tanto, é de fundamental a organização pela anulação do impeachment da presidenta Dilma, contra a condenação e prisão de Lula e contra a evolução do golpe para sua forma militar. Dia 11, em Brasília, haverá um ato que recolocam no centro a luta contra o golpe de Estado.

artigo Anterior

Jair Bolsonaro é a favor do armamento do povo?

Próximo artigo

Moro prepara nova armadilha para prender Lula

Leia mais

Deixe uma resposta