Cresce na APEOESP, maior sindicato do País, mobilização para o dia 11

Compartilhar:

A direção da APEOESP- Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de SãoPaulo -, cumprindo decisão aprovada em seu Conselho Estadual de Representantes – CER – e assembleia da categoria, divulgou comunicado para suas subsedes visando receber inscrições para a caravana para o Ato Nacional pela Anulação do Impeachment, a ser realizado em Brasília, no próximo dia 11.

O Ato, além de se posicionar pela devolução do mandato da presidenta Dilma Rousseff, eleita com mais de 54,5 milhões de votos para governar até 31 de dezembro de 2017, vai denunciar as ameaças dos chefes militares que ameaçam o País com um golpe militar e também levantar a luta dos professores e de todos os trabalhadores contra o golpe e seus ataques contra o ensino público e as famigeradas reformas como a trabalhista, que impõe a terceirização em larga escala, parcela férias, permite jornadas diárias de até 12 horas etc. e a da Previdência, que quer acabar com as aposentadorias.

As subsedes do Sindicato estarão recebendo inscrições até a próxima segunda feira pela manhã e de todas as regiões de São Paulo partirão caravanas com professores, estudantes, operários das mais diversas categorias para se somarem à mobilização que esta sendo liderada pelos comitês de luta contra o golpe e pela anulação do impeachment de todos o País.

Vários diretores e conselheiros da APEOESP já confirmaram presença no ato, inclusive a presidenta da entidade, professora Maria Isabel Azevedo Noronha, a “Bebel”, que defendeu, junto com o professor Antonio Carlos – da direção do PCO, no Congresso da CUT-SP, que a Central Única dOs Trabalhadores apoiasse a campanha da Ação Popular pela Anulação do Impeachment, que foi aprovada, inclusive, no Congresso Nacional Extraordinário da CUT.

Em todo o Estado, militantes da Corrente Educadores em Luta, do PCO e simpatizantes, estão mobilizando junto com os comitês de luta contra o golpe, na organização de caravanas que saem de São Paulo na terça-feira, dia 10, à noite.

A iniciativa da APEOESP reforça a mobilização que ganha força em todo o País.

Dia 11, todos à Brasília junto com os professores, lutar contra o golpe e pela anulação do impeachment; golpe militar nunca mais!

artigo Anterior

Greve dos Correios termina com traição do novo “Bando dos Quatro”: PCdoB, PSTU, Articulação e LPS

Próximo artigo

Crise da social-democracia é resultado da polarização política

Leia mais

Deixe uma resposta