A prevenção é a execução

Compartilhar:

O caso dos 10 executados no Morumbi, em São Paulo, continua abafado pela imprensa burguesa por um motivo simples: foi o resumo da atuação policial brasileira, com a destruição de qualquer procedimento legal e a instauração da pena de morte.

Este colunista ouviu em determinado lugar um depoimento que explicou o que se passou naquela noite macabra e às vésperas do ocorrido, e tudo apenas confirmou a tese principal, de execução sumária.

Aparentemente, algumas daquelas pessoas estavam envolvidas em práticas delituosas na região. A polícia, para não os prender, organizou uma ação para matar todos eles, sendo que um dos integrantes já havia sido executado, um mês antes, descalço, desarmado.

A polícia construiu o crime daquela noite. Forneceu a casa a ser assaltada, torturou um dos integrantes para ajudar na emboscada. A casa foi cedida pelo proprietário, para que os 10 entrassem e, em seguida, fossem mortos.

Saíram da residência. Ao entrar nos carros começou a chuva de balas, até não restar um único suspiro. Corpos foram alvejados até com 30 tiros, o que demonstrou o caráter de execução da ação. Não houve troca de tiros.

“Nenhuma vítima foi atingida, nem policiais. Então, esse é o trabalho que tem que ser feito”, disse o governador tucano Geraldo Alckmin.

Foi falado que em outras ações os rapazes faziam caridade com o produto do furto, ajudavam famílias e crianças (o que é até tradicional na criminalidade), que só escolhiam residências de luxo, e que nunca haviam matado ninguém. Não foram os primeiros nem os últimos a fazerem isso.

A polícia não tem autorização especial para matar ninguém, menos ainda para fazer emboscada. Como qualquer cidadão, ela só deve agir em defesa própria. É a última ação a ser tomada, isso segundo a lei, mas lei foi a primeira executada.

É fácil perceber que, com o golpe de Estado, as polícias estão totalmente descontroladas, e agora atendem mais abertamente seus patrões, a burguesia, os empresários, os racistas. Não existe mais lei, e os golpistas estão preparando seus cachorros para agirem de acordo. É preciso se organizar para reagir à altura.

artigo Anterior

Golpistas são os verdadeiros culpados do maior massacre de indígenas desde a ditadura militar

Próximo artigo

Professores de Tocantins, em greve há 7 dias, fazem ato em BR

Leia mais

Deixe uma resposta