O papel da polícia é conter a revolta da pobreza

Compartilhar:

A declaração do comandante da ROTA de São Paulo sobre a violência policial buscou explicar o comportamento agressivo da Polícia Militar por meio de uma alusão à Europa, local onde já foi possível que a polícia estivesse desarmada. Desta forma, ele justifica o uso da violência por causa da grave situação social do país que torna a violência uma necessidade em nosso país.

O pensamento colocado pelo comandante, que não passa de um senso-comum, é falso. A violência policial no país é resultado de como a burguesia vai lidar com os problemas pelo qual o Brasil enfrenta. O país está em crise, com uma situação cada vez mais degradante para os pobres, isso coloca uma situação de instabilidade muito grave que a burguesia buscará conter por meio de uma repressão muito forte. Desta forma, o papel da polícia é conter a revolta da pobreza.

Entenda mais em Causa Operária TV:

Momento da Análise Política da Semana do dia 2 de setembro de 2017, por Rui Costa Pimenta, que acontece ao vivo todos os sábados, às 11h30, na COTV, vídeo completo:

artigo Anterior

“São Paulo sem dinheiro, tem que aumentar as passagens”

Próximo artigo

Meme do dia

Leia mais

Deixe uma resposta