Estudantes e professores da Universidade Federal do Ceará protestam contra o golpe

Compartilhar:

Alunos e professores da Universidade Federal do Ceará (UFC), realizam na manhã da terça-feira, 12 de setembro, aula pública em protesto às medidas que o governo golpista vem impondo aos serviços de saúde, educação, ciência e tecnologia.

Adriana Reis, aluna do mestrado em saúde pública e líder do projeto Universidades Aliadas por Medicamentos Essenciais (UAEM) no Ceará, realiza a coordenação deste ato que vem denunciar a destruição que o golpe vem impondo aos programas de saúde e nos investimentos federais nas universidades públicas, promovendo o sucateamento das instituições, o que ameaça seriamente a sobrevivência da ciência brasileira e principalmente, o futuro do país no que desrespeito a soberania tecnológica, profissional e científica.

Com a aprovação da PEC 55, congelando os investimentos em ares públicas, e a mais recente proposta do ministro da saúde Ricardo Barros em “reavaliar” a Política Nacional de Atenção Básica (PNAB), o que temos é um acelerado sucateamento do Sistema Único de Saúde (SUS), com o fechamento de clínicas e centros de atendimento de complexidade e uma lista de demissões dos profissionais da saúde do programa de Atenção Básica, algo que deve atingir 40% do contingente dos profissionais até o final de 2017.

A aula pública é o princípio de um movimento nacional pela manutenção dos investimentos na ciência e tecnologia, e sobretudo uma organização dos estudantes, profissionais da saúde e da sociedade civil para lutar contra o desmonte do Estado brasileiro. A nossa soberania acima de tudo passa pelo conhecimento, e o que querem impor à classe trabalhadora brasileira é um estado de completa escravização e dependência do modelo privado de educação, o que impede que a produção do conhecimento seja pública e gratuita.

Participe do Ato:

Data: 12 de setembro
Local: Faculdade de Medicina da UFC; Rua Alexandre Baraúnas, Número 1018, Bairro Jardim América. (Próximo das Mangueiras, entrada ao lado da Biblioteca).
Horário: 11h

Evento no Facebook: https://www.facebook.com/events/148997625689343/

artigo Anterior

“O justiceiro”, por Ademir Almeida

Próximo artigo

Sacco e Vanzetti: a justiça em favor dos poderosos

Leia mais

Deixe uma resposta