Bancários se juntam a metroviários contra privatização tucana

Compartilhar:

Realizado no último dia 6, em São Paulo, o ato dos metroviários contou com a presença de bancários em apoio ao mesmo, que é contra as investidas privatistas que estão em curso para as linhas 5 Lilás (Adolfo Pinheiro – Capão Redondo) e 17 Ouro,  que se encontra em processo de construção, ainda que esteja parada. A manifestação ocorreu na inauguração da estação Brookiln, que já contava com três anos de atraso da data prevista para estar pronta.

Os bancários que lutam contra o desmonte dos bancos públicos, se juntaram pela causa contra a política entreguista do governo tucano que avança cada vez mais no Estado e tenta acabar com o patrimônio público.

O ataque ainda tenta alcançar a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), não basta o já sucateamento do transporte público, querem entrega-lo nas mãos dos tubarões capitalistas. O que se vê mais uma vez é o aprofundamento do golpe de Estado, onde os golpistas querem entregar o país para o imperialismo, especificamente para o capital estrangeiro.

Por isso, a organização e mobilização da classe trabalhadora em conjunto com a população se faz necessária, somente sua mobilização derrubará o golpe presente no país, deve-se reforçar também a política dos comitês de luta contra o golpe e pela anulação do impeachment. 

artigo Anterior

Acordo bianual reajusta salários dos bancários em miseross 2,75%

Próximo artigo

Camaçari/BA: Justiça Impede Exercício de Direito de Greve dos Professores

Leia mais

Deixe uma resposta