Aos 82 anos, morre Kate Millet

Compartilhar:

Morreu aos 82 anos de ataque cardíaco na última quarta-feira (6) a escritora feminista Kate Millet.
Kate foi a autora do livro “Política Sexual”, lançado em 1970, que foi chamado de “bíblia da liberação das mulheres” pelo “New York Times” e que foi capa da revista Times. Kate, além de ser citada por vários jornais burgueses, teve grande influência no contexto acadêmico e popular.

Millet também ficou conhecida por, já naquele período, defender a liberação do aborto nos Estados Unidos, o que é algo, no mínimo, corajoso para a época e, portanto, digno de nota.

artigo Anterior

Perseguição a camelôs no Amapá

Próximo artigo

Moro: paladino contra a corrupção?

Leia mais

Deixe uma resposta