Quem é o juiz que julgará Lula no caso Delcídio?

Compartilhar:

Na sexta feira (01-09) passada o MPF-DF (Ministério Público Federal do Distrito Federal) pediu a absolvição do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, no processo em que ele é réu, devido a uma delação premiada realizada pelo senador Delcídio do Amaral.

Delcídio do Amaral foi preso em 18 de dezembro de 2015 , a pedido do STF (Supremo Tribunal Federal), após “vazar” uma gravação telefônica, aonde Delcídio oferecia R$ 50 mil reais mensais ao ex- diretor da Petrobrás, Nestor Cerveró,  para que ele não fechasse acordo de delação premiada na golpista operação Lava Jato.

Depois de cumprir 87 de prisão preventiva por obstruir as investigações da operação golpista Lava Jato, Delcídio foi libertado ao ele próprio assinar um acordo de delação premiada com o Ministério Público.

Na delação, Delcídio acusa Lula e Dilma de ter conhecimento do esquema de corrupção na Petrobrás, e ter sido o próprio Lula o mandante para que Delcídio tentasse comprar o silêncio de Nestor Cerveró.

Em julho de 2016, quatro meses depois da delação de Delcídio, a Justiça Federal no Distrito Federal, através do juiz Ricardo Austo Leite Soares da 10° Vara da Justiça Federal de Brasília, aceitou a denúncia e transformou, pela primeira vez, o ex-presidente Lula em réu.

O processo foi aberto nos meses que antecederam o golpe de Estado no país, com a deposição da presidenta eleita Dilma Rousseff. O procurador Ivan Marx, que agora pede a absolvição de Lula nesse processo, à época sob o calor da campanha política da direita contra o PT e Lula, chegou a acusar Lula de “chefe de organização criminosa”.

No entanto, o pedido de absolvição de Lula e anulação da delação premiada de Delcídio realizado pelo MPF-DF será julgado pelo juiz direitista Ricardo Augusto Leite Soares, o mesmo que sem nenhum motivo, na véspera da primeira audiência de Lula com Moro, cara a cara em Curitiba, através de medida cautelar mandou fechar o Instituto Lula.

Esse juiz já mostrou que faz parte da camada direitista do judiciário brasileiro que não julga sob a análises de provas, mas sob a convicção de que a esquerda tem que ir para a cadeia, e o golpe tem que progredir.

Diante disso, não se deve iludir com a decisão do MPF-DF que pede a absolvição de Lula nesse processo. É necessário construir mobilizações em todo país contra a condenação de Lula pelo golpista Poder Judiciário brasileiro.

É necessário mostrar através de atos e mobilizações de rua que se condenarem ou prenderem Lula o clima político no país vai esquentar e a população trabalhadora não vai deixar barato esse ataque contra a maior liderança popular e sindical do Brasil.

artigo Anterior

Coxinha aloprado acusa Lula de derrubar árvore centenária

Próximo artigo

Relembrar é viver, Geddel organizava coxinhatos contra corrupção em 2015

Leia mais

Deixe uma resposta