7 de setembro de 1961 – João Goulart toma posse como Presidente do Brasil

Compartilhar:

Em 25 de agosto de 1961, Jânio Quadros, então presidente eleito do Brasil, renunciou ao cargo, decorrência de uma crise política intensa pela qual o País passava.

João Goulart, seu vice, na ocasião da renúncia de Jânio, estava em viagem para a China. Assumiu a presidência, então, o presidente da Câmara dos Deputados, Ranieri Mazzili até a volta de Jango. Uma parte do Exército, a direita golpista, então formou uma junta militar para tentar impedir a posse de Jango, tentativa que não obteve sucesso.

No entanto, coagiram o Congresso a aprovar o parlamentarismo, retirando, assim, poderes do Presidente da República. João Goulart veio assumir o poder, como primeiro-ministro, apenas em 7 de setembro de 1961. O parlamentarismo foi substituído novamente pelo presidencialismo após um plebiscito realizado em janeiro de 63, aumentando o poder de Jango e tornando-0 Presidente da República.

O presidente, durante todo o seu mandato, foi ameaçado pela direita golpista, comandada pelo imperialismo. Jango era uma figura que tinha o apoio e ligações ao movimento sindical e popular brasileiro e, por isso, denunciado como “comunista” pelos vassalos do imperialismo.

Foi derrubado em 1964 por um golpe militar, no dia 1º de abril. Sua derrubada precedeu toda uma época de repressão contra a classe operária, além de ataques à economia brasileiro.

artigo Anterior

Meme do dia

Próximo artigo

6 de setembro de 1930 – Presidente democraticamente eleito na Argentina é deposto por golpe militar

Leia mais

Deixe uma resposta