Mutirão nacional pela anulação do impeachment

Compartilhar:

Neste domingo, dia 03/09, será realizado um mutirão nacional de coletas de assinaturas em benefício da Ação Popular que visa à anulação do impeachment de Dilma Rousseff junto ao Supremo Tribunal Federal. O objetivo é coletar neste domingo 10.000 assinaturas em 15 Estados da federação, abrangendo ao menos 20 municípios, atividade fundamental na luta contra o golpe.

Conforme o Art. 5º, inciso LXXIII, da Constituição Federal, qualquer cidadão é parte legítima para ingressão com a ação popular, contudo, nossa meta é colher 1 milhão e 300 mil assinaturas com o objetivo de pressionar os ministros do STF em julgar o pedido para anular o impeachment.

Venha participar na luta contra o golpe de Estado! Faça o download do abaixo-assinado, imprima e colha assinaturas com seus amigos e familiares em seu município e em sua região nos locais de maior movimentação de pessoas.

Para se mensurar a amplitude da adesão popular, no último domingo, dia 27/08, o mutirão de coleta de assinaturas realizado na Avenida Paulista, recolheu cerca de 700 assinaturas em menos de 2 horas. Equivale dizer que a meta traçada é totalmente viável pelo fato de possuir uma grande aceitação e adesão popular.

O panorama da campanha fica ainda mais consolidado diante do engajamento da maior Central da América Latina, com os seus 4 mil sindicatos e os mais de 23 milhões de trabalhadores na base. Os mais de 700 delegados presentes à 15ª Plenária do Congresso Extraordinário da Central Única dos Trabalhadores – CUT, que encerrou-se nesta quinta (31/08), aprovaram a inclusão no plano de lutas da Central a luta contra a prisão de Lula e a adesão pela à aprovação da resolução que apoia a ação popular pela anulação do impeachment da presidenta Dilma, pode significar um passo decisivo na luta contra o golpe de estado no Brasil.

A  campanha pela anulação do impeachment e a formação de centenas de Comitês de Luta contra o Golpe por todo o país são neste momento os centros elementares de uma política para reorganizar a luta contra o golpe. É entorno desta política que deve-se agrupar os amplos setores que se despertam para a luta política contra os golpistas. Para que possamos desenvolver um amplo movimento de massas capaz de derrotar o golpe e os golpistas.

Para mais informações, entre em contato com PCO:

pelo email: pco.sorg@gmail.com

telefone fixo: (11) 2276-2548

TIM: (11) 98589-7537

Vivo: (11) 96388-6198

Claro: (11) 97077-2322

Oi: (11) 93143-4534

Skype: Diário Causa Operária

Whatsapp: (11) 98427-2254

artigo Anterior

Golpistas querem retorno dos manicômios

Próximo artigo

Argentina: onde está Santiago Maldonado?

Leia mais

Deixe uma resposta