XVIII Bienal do Rio é destaque com grande presença de autores nacionais

Compartilhar:

Começou nesta quinta-feira (31) a 18° edição da Bienal Internacional do livro do Rio, desta vez o evento vai contar com mais horas de programação, tendo um aumento de 40% desde a última edição de 2015, com apenas uma baixa, o espaço de exposição foi reduzido em relação a edição anterior. Mesmo o estado passando por uma forte crise, a realização da mesma se manteve e com grandes expectativas de público.

Devido ao aumento das atividades, se é esperado que o número do público aumente em pelo 5% em comparação a 2015. Sendo assim, esse ano terá mais autores para comportar todas as atividades propostas. O evento se destaca com a presença de Paula Hawkins, autora do livro “A Garota do Trem” que recentemente teve sua adaptação para o cinema. Contará também com outros autores estrangeiros, como: Karin Salughter, Charles Duhigg, V.E. Schwab, Carl Hart e entre outros.

Com mais de 300 autores nacionais, a bienal estará recheada com a diversidade de histórias contadas por eles. Destacam-se os escritores da nova geração juntamente com os já cultuados autores: Ziraldo, Mauricio de Sousa e outros que sempre marcam presença.

Com início neste dia 31 e com o término no dia 10/09, com os horários de funcionamento de 9 às 22 horas durante a semana e de 10 às 22h nos fins de semana e feriado, com a entrada no valor de R$ 24 a inteira e R$ 12 a meia. Está sendo realizada no Riocentro que está localizado na Av. Salvador Allende, 6.555, Recreio dos Bandeirantes, Rio de Janeiro.

artigo Anterior

Mostra Di Cavalcanti em São Paulo, na Pinacoteca

Próximo artigo

Cartunistas contra o golpe: página denuncia, em charges, o golpe

Leia mais

Deixe uma resposta