Golpistas cortam meio milhão de famílias beneficiadas pelo Bolsa Família

Compartilhar:

O Programa Bolsa Família foi um dos principais alvos da direita fascistoide histérica para atacar o governo petista, e está com os dias contados. Desde o afastamento da Presidenta Dilma Roussef, os golpistas estão atacando um dos principais programas sociais conquistados pela classe trabalhadora, o programa Bolsa Família.

Segundo os dados do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDS), entre os meses de junho e julho, o número de benefícios encolheu em 543 mil famílias, um dos maiores cortes desde o início do programa em 2003.

Esses cortes vieram de maneira repentina e sem nenhuma explicação para as famílias que recebiam o benefício, que ficaram sabendo somente quando foram sacar o recurso. Fato que causou grandes problemas para as famílias que dependem exclusivamente desse recurso.

Desde a tomada do governo pelos golpistas já foram cortadas mais de 1,2 milhão de famílias, tudo isso em pouco mais de um ano. As justificativas são as mais esdruxulas, desde irregularidades a problemas de documentação. Mas o que vemos, com cortes nessas dimensões são uma maneira de ir acabando com o Bolsa Família aos poucos.

Isso sem mencionar que a fila de espera de famílias que necessitam participar do programa é mais de 500 mil. Ou seja, em vez de cortes, o programa precisa ser ampliado.

Os cortes vêm no momento em que o desemprego atinge níveis recordes e passa dos 14 milhões de pessoas, e de aumento exponencial da miséria no país. Segundo dados oficiais e de organismos imperialistas, como a ONU e Banco Mundial, apontam que em 2016 cerca de 5,9 milhões de pessoas foram jogadas na pobreza e, em 2017 mais 3,6 milhões de pessoas atinjam esse patamar de extrema pobreza.

A intenção dos golpistas é reduzir o programa a níveis muito baixos, muito aquém do necessário pela população, afirmando que não acabaram com o programa, mas vão burocratizar e impedir o acesso das famílias e, na prática, acabar com o Bolsa Família.

Essa é a política social dos golpistas para a população: violência, fome e miséria.

artigo Anterior

Doria quer espionar paulistanos com drone

Próximo artigo

Hinos de futebol ao som de orquestra no Espírito Santo

Leia mais

Deixe uma resposta