Professores do DF aderem à Ação Popular pela anulação do impeachment

Compartilhar:

Dezenas de delegados sindicais estão levando para escolas de diferentes regiões do DF a Ação Popular pela anulação do impeachment. A ideia é recolher milhares de assinaturas para reestabelecer o regime golpeado pelo imperialismo quem tem como objetivo, tanto para os professores como para o restante da classe trabalhadora, um ataque sem precedentes às suas condições de vida e de trabalho.

A iniciativa partiu da oposição sindical Educadores em Luta, corrente sindical do PCO, que agora trabalha em parceria com o Comitê de luta contra o golpe do DF para multiplicar os comitês específicos como o de professores para impulsionar a campanha contra o golpe (impeachment) e suas medidas, como as terceirizações, as reformas da CLT e da previdência, o congelamento dos gastos públicos por 20 anos, a prisão do Lula etc.

Aderiram à campanha escolas do Paranoá, Guará, Santa Maria, Samambaia, Planaltina, Ceilândia, Gama, Taguatinga, São Sebastião e Plano Piloto. Imprima abaixo também a Ação Popular pela anulação do impeachment e recolha assinaturas em seu local de trabalho, entre os familiares e na comunidade e participe da formação das dezenas de comitês de luta contra o golpe que estão em formação.

Os interessados podem participar da campanha e acompanhar sua evolução pelos seguintes sites:

http://causaoperaria.org.br/

https://www.facebook.com/search/top/?q=plen%C3%A1ria%20do%20comit%C3%AA%20contra%20o%20golpe%20do%20df

https://www.facebook.com/educadoresemluta.pco/

https://www.facebook.com/educadoresemlutacontraogolpe/

artigo Anterior

“Distritão” aprofunda golpe da direita

Próximo artigo

Paralisação de metalúrgicos da Zona Oeste de São Paulo

Leia mais

Deixe uma resposta