Juiz é condenado por corrupção depois de condenar Eike Batista

Compartilhar:

O mega-empresário brasileiro Eike Batista teve seus bens apreendidos pelo Juiz Federal Flávio Roberto de Souza, que aproveitou-se disso para utilizar para uso próprio parte dos bens de Eike. Flagrado dirigindo um automóvel esportivo de luxo, o Juiz Federal havia sido afastado compulsoriamente para aposentadoria.
O Juiz Marcelo Brêtas decidiu por cassar a aposentadoria de Flávio Roberto de Souza, expulsando-o dos quadros da Justiça com uma pena de 8 anos de prisão dada por peculato e um ano por fraude processual. Aqui, a Justiça brasileira faz um pequeno jogo de cena para evitar a desmoralização total do judiciário brasileiro, mas o saque generalizado aqueles que são atacados pela Justiça brasileira é a prática mais frequente em nossos tribunais. A Odebrecht e a JBS estão sendo destruídas pelo cerco judicial, multas e mais multas servindo tão só para preparar a entrega destes gigantes da economia nacional para os imperialistas.

artigo Anterior

Rio de Janeiro sob Estado de Sítio

Próximo artigo

Professores do DF se reúnem para definir calendário e discutir a luta contra o golpe

Leia mais

Deixe uma resposta