A reforma trabalhista e o refluxo da classe operária

Compartilhar:

A reforma trabalhista foi aprovada como nós já prevíamos, foi uma exigência dos capitalistas que promoveram o golpe, e por tanto um dos inúmeros objetivos do golpe de estado.

A aprovação da reforma trabalhista demostrou a debilidade a desorientação da luta contra o golpe, não há oposição sólida dos trabalhadores contra os ataques dos golpistas.

Contudo precisamos ter uma avaliação realista da situação para poder definir uma política que seja capaz de enfrentar o quadro negativo.

A aprovação da reforma trabalhista, denuncia que a classe operária não compreendeu ainda profundamente o sentido do que está acontecendo no país, toda esta confusão e causada com a contribuição das lideranças políticas.

A falta de reação é um sinal, objetivo, sólido daquilo que está acontecendo com a classe operária e o que é necessário fazer para organizar uma reação.

Assista todo sábado o programa Análise Política da Semana em nossos canais:

Radio: https://soundcloud.com/jornalcausaoperaria;

COTV: http://causaoperaria.org.br/cotv/

Blog COTV: https://cotv.live/

Facebook: https://www.facebook.com/causaoperariatv/

Youtube: https://www.youtube.com/user/CausaOperariaTV

Twitter: https://twitter.com/CausaOperariaTV

artigo Anterior

JBS/Friboi não respeita o horário noturno dos trabalhadores

Próximo artigo

Golpistas querem esmagar os trabalhadores e toda a esquerda

Leia mais

Deixe uma resposta