Golpistas querem privatizar campo de gás natural da Petrobrás no Amazonas

Compartilhar:

O processo de desmonte e entrega da Petrobras para as empresas imperialistas está em marcha no Brasil. A mira neste momento é a entrega de dois Campos de Gás Natural localizado no Estado do Amazonas, o campo de Azulão e campo de Juruá.

O Campo de Azulão fica localizado tem área de concessão de quase 60 quilômetros quadrados, entre os municípios de Silves e Itapiranga, a cerca de 200 quilômetros de Manaus (AM). Nesse caso o processo de entrega é tão evidente que chega a ser uma ofensa a classe trabalhadora. O campo fica debaixo do linhão de transmissão Tucuruí – Macapá – Manaus, que possui uma subestação no município de Silves (12km do campo) e que liga ao Sistema Interligado Nacional. A empresa que adquirir o Campo de Azulão a preço de banana, ainda leva o projeto de construção de uma termelétrica próxima aos poços de produção de gás do Campo de Azulão. Especialistas de denunciam que o empreendimento é uma verdadeira mina de ouro e possui viabilidade econômica assegurada.

Outro campo que está para ser privatizado é o Campo de Juruá, localizado no município de Carauari (800km de Manaus). Juruá é a maior reserva terrestre de gás natural não associado (sem petróleo) do País, com mais de 40 bilhões de metros cúbicos.

Essa é mais uma etapa no processo de privatização da Petrobrás e na entrega das riquezas naturais do Brasil, nesse caso o petróleo, para as empresas imperialistas. O golpe está permitindo a entrega da maior riqueza nacional.

A privatização levado a cabo pelos golpistas está a todo vapor, mesmo com as recentes crises do governo do golpista Michel Temer, o que evidencia um acordo entre os donos do golpe, que independente de Temer sair da presidência a entrega da Petrobrás está garantida.

Derrotar o golpe e a anulação do impeachment, é a única saída para os trabalhadores da Petrobrás e para a classe trabalhadora para anular todas as medidas golpistas e de entrega do petróleo para o imperialismo.

artigo Anterior

Perícia dá o aval: diálogo de Temer e Joesley pode derrubar o governo

Próximo artigo

Confisco do FGTS: governo golpista castiga demitidos

Leia mais

Deixe uma resposta