Temer: o governo dos 99%… de rejeição

Compartilhar:

Em coluna na Folha de S. Paulo nesta quinta-feira (25), Mônica Bergamo, continuando os ataques da imprensa burguesa, informou que pesquisas e sondagens feitas no Planalto indicam que a rejeição nacional a Temer já chega a 95% de rejeição. No nordeste, a rejeição é de 99%.

Ademais, a colunista do periódico golpista revela que sondagens feitas com empresários e executivos “também revelam descrença cada vez maior na continuidade do governo”.

Esta “descrença”, esconde Mônica, é mais um elemento de crise do próprio governo golpista; a burguesia também quer a saída do governo de Temer para colocar um outro governo ainda mais duro para colocar em prática as reformas, como da Previdência, trabalhista etc, que os capitalistas necessitam para lucrar e atacar ainda mais a classe trabalhadora.

População ocupa Brasília contra o governo golpista

Neste dia 24, 200 mil pessoas de todo o Brasil ocuparam Brasília contra o golpe. A manifestação indicou uma radicalização no movimento contra o golpe e mostrou a crise do governo golpista claramente, que enviou as Forças Armadas para reprimir a manifestação gigante, que quase tomou a capital do Brasil. A manifestação mostrou a rejeição do governo golpista e que é possível derrotar o golpe através das massas, nas ruas, mobilizadas contra os golpistas e seu regime. 

 

artigo Anterior

RJ: Depois de reprimir ato, RJ aprova aumento da contribuição para aposentadoria

Próximo artigo

Sábado é dia de Análise Política da Semana

Leia mais

Deixe uma resposta