O cinismo dos golpistas

Compartilhar:

Nesta semana, o usuário sênior de PowerPoint, dublê de procurador e coordenador da operação golpista Lava Jato, Deltan Dallagnol, ao lançar no Rio de Janeiro seu livro “A luta contra a corrupção”, declarou ao ex-estalinista e atual jornalista da Globonews, Fernando Gabeira, ser recurso comum utilizado por investigados alegar perseguição política quando a investigação é criteriosa e as provas são bem fundamentadas. Segundo Dallagnol, isso tiraria o foco do investigado.

Ele não citou o nome de Lula, mas sabemos a quem se refere, já que o ex-presidente mencionou a perseguição política no depoimento ao juiz inquisidor Sérgio Moro, em 10 de Maio passado.

E desde quando alegar que está sendo perseguido politicamente tira alguém do foco? Estamos falando de Lula, uma pessoa que mesmo que quisesse não sairia do foco. O mesmo não pode ser dito das “celebridades” paranaenses do momento, cujo foco durará apenas enquanto durarem seus papéis na malandragem que é o golpe de Estado.

Sim. Lula está sendo perseguido politicamente e, como várias vezes na História, a direita mais reacionária costuma culpar suas vítimas atribuindo-lhes seus próprios crimes. Dessa forma, Dallagnol insinuou que a esquerda, de tanto defender e repetir a tese de que a Lava Jato seria uma perseguição política contra Lula, poderia fazer com que a população acreditasse nisso.

De fato, a população brasileira está cada vez mais percebendo que a Lava Jato é, como peça fundamental do golpe, uma perseguição política contra Lula e a esquerda como um todo e, logicamente, contra todos os trabalhadores. Afinal, quando se tem procuradores que perseguem mas não investigam e um juiz que acusa mas não julga, fica cada vez mais difícil ser favorável à Lava Jato. A prova de que a Lava Jato não é a unanimidade que a imprensa burguesa tenta nos fazer engolir é o favoritismo de Lula como candidato à Presidência da República.

A classe trabalhadora vai tomando consciência da perseguição que Lula e ela própria sofrem não pela repetição de mil mentiras faladas pela imprensa burguesa e pela direita. Essa consciência é sentida na pele pelos trabalhadores em cada ataque contra seus direitos e condições de vida.

artigo Anterior

Super promotor vai investigar governo Trump

Próximo artigo

Polícia Federal cumpre mandados contra aliados de Temer

Leia mais

Deixe uma resposta