Governo golpista declara fim emergência nacional pelo vírus Zika

Compartilhar:

No ultimo dia 11, o governo golpista anunciou o fim do estado nacional de emergência em relação ao vírus Zika. Segundo o governo golpista os casos de Zika e Chikungunya estão em queda acentuada se comparado com o mesmo período do ano passado.

O Instituto de Bioética Anis, no entanto, apresenta uma situação oposta. Exemplos disso são as mães do sertão – em sua maioria são jovens, negras ou indígenas –  do sertão vivem uma profunda situação de abandono. Muitas sequer têm condições de acesso a acompanhamento médico para as crianças e outras viram os casos serem descartados por pura falha nos registros.

O mosquito e o vírus ainda grassam pelo país, em especial pelo sertão e a política de destruição do Estado brasileiro posta em prática pelos golpistas se valem do descaso e da falta de investimentos para esconderem a dor e drama da vida das famílias dos trabalhadores brasileiros.

O Diário Causa Operária  disponibiliza o link da Agência Patrícia Galvão onde se pode acompanhar o levantamento realizado pelo Instituto de Bioética Anis sobre a situação da Zika em Alagoas:

http://agenciapatriciagalvao.org.br/wp-content/uploads/2017/05/Zika-em-Alagoas-a-urgencia-dos-direitos.pdf

artigo Anterior

“Achei que era quem sou”

Próximo artigo

Temer “bate o pé” e não renuncia

Leia mais

Deixe uma resposta