Assista à Análise Política da Semana às 11h30, todos os sábados

Compartilhar:

O Partido da Causa Operária convida a todos a participarem do seu maior programa da internet, Análise Política da Semana, um programa no qual os participantes podem se posicionar e também fazer perguntas. Exatamente por este caráter participativo, o PCO considera muito relevante a participação de todos.

A Análise Política da Semana está com um público cada vez maior, atualmente conseguimos alcançar até 50 mil expectadores, mas podemos alcançar um público muito maior com a contribuição de todos que considerarem importante divulgar a política do PCO. Logo, todos podem ajudar o PCO na divulgação, chamando os amigos para assistirem o programa por meio do Facebook, WhatsApp e demais veículos de comunicação.

Deixamos aqui a Análise Política da Semana, ocorrida no dia 13/05/2017, para os interessados em assistir e conhecer o programa. Além disto, comentaremos aqui um dos temas abordados pelo companheiro Rui Costa Pimenta, presidente nacional do PCO.

A visão pequeno-burguesa da queda do PT

Parte da esquerda brasileira não se opôs ao golpe por oportunismo, consideravam que conseguiriam tomar o lugar do PT com a queda provocada pela direita. Nada mais falso, como podemos observar com o crescimento de grupos fascistas e ações mais truculentas do Estado golpista. O que aconteceu foi o revigoramento da direita, que agora está livre para organizar todo o tipo de arbitrariedade contra os trabalhadores e suas organizações.

O surgimento do Partido dos Trabalhadores se deu em um momento de crise aguda da burguesia, que observando que nos países latino-americanos se iniciava uma forte onda nacionalista, decidiu evitar tal ascenso. Para tanto, ela foi obrigada a ceder espaço para a vitória eleitoral do PT, algo ao qual lutou por todas as formas para evitar. Após a vitória do Partido dos Trabalhadores, inicia-se uma colaboração de classes feita por meio de algumas concessões aos pobres e trabalhadores. Mesmo essas pequenas concessões não estavam nos planos da burguesia: ceder poder nunca é um plano da burguesia.

As ilusões no sistema democrático burguês da esquerda pequeno-burguesa fazem com que ela desconsidere toda esta análise materialista e pense que a política é um mercado no qual o PT dominou o eleitorado de esquerda. Consequentemente, neste raciocínio equivocado, a derrubada do PT abre espaço para o crescimento dos demais partidos. Nada mais fora da realidade.

artigo Anterior

Golpistas iniciam demissão nos correios com aval da burocracia sindical

Próximo artigo

Belchior fala de seu trabalho, de política e socialismo em entrevista feita pelo PCO

Leia mais

Deixe uma resposta