Eu vou para Curitiba impedir a prisão de Lula

Compartilhar:

Dentro de duas semanas, milhares de pessoas estarão concentradas na capital do Paraná com um objetivo claro: impedir a prisão de Lula pelos golpistas.

Essa campanha, lançada pelo nosso Partido há cerca de um mês, adquiriu enorme repercussão.

A resposta positiva de milhares de pessoas já foi verificada na última grande manifestação de luta contra o golpe e seus ataques. Em menos de duas horas, apenas em S. Paulo, distribuímos 12.000 adesivos na manifestação do dia 31 de março, que foram colados por toda parte na Avenida Paulista e, principalmente, no peito dos manifestantes que aderiram à nossa palavra de ordem.

Desde que a campanha foi lançada em março, na Análise Política da Semana, pelo companheiro Rui Costa Pimenta, centenas de pessoas declararam que estarão presentes em Curitiba para impedir a prisão do ex-presidente. Os vídeos “viralizaram”, e a audiência do canal da Causa Operária TV no Youtube quase triplicou. A convocatória para o ato foi reproduzida por diversos canais.

A cerca de 15 dias da data do depoimento do líder petista, as inscrições para a caravana organizada por nosso Partido colhidas no nosso portal na Internet crescem vertiginosamente.

Comentários e manifestações de apoio chegam até nós por todos os meios. Nas ruas, em panfletagens; pelas redes sociais; pelo telefone…

A CUT e a Frente Brasil Popular já fazem parte da campanha, mobilizando nos sindicatos e movimentos sociais uma enorme caravana para Curitiba. Há ônibus confirmados, saindo de todas as regiões do País.

Temos todos os motivos para esperar dezenas de milhares, senão mais, em frente à sede da “República do Paraná”.

A repercussão negativa também é um índice do sucesso da campanha.

Na Internet, grupos de direita reproduziram os trechos dos vídeos em que o presidente do PCO convoca a manifestação em Curitiba no dia 3. Comentam, assustados: “pode descambar para uma Guerra Civil?”; “os criminosos (nós) se organizam”. Lançam todo tipo de ofensas e ameaças nos “comentários” dos vídeos, redes sociais etc. Latem porque estão mordidos.

O alcance da nossa campanha rendeu ao companheiro Rui Costa Pimenta dois processos, movidos pelos deputados do DEM e do PSDB. Querem vê-lo preso por ter dito que o povo deve enfrentar a ditadura de Sérgio Moro e dos golpistas.

É a prova, pela negativa, do quanto estamos certos em propor, organizar e realizar uma gigantesca manifestação em Curitiba nesse dia 3.

É a materialização de uma verdade dita e repetida por nosso Partido desde o começo, desde que os golpistas levantaram a cabeça em 2014: só o povo na rua pode derrotar o golpe.

É hora de ir à rua. Todos a Curitiba nesse dia 3, impedir a prisão de Lula, derrotar o golpe!

Eu vou. E você?

artigo Anterior

Lido nas redes

Próximo artigo

França: extrema-direita vai parar a globalização?

Leia mais

( )

Deixe uma resposta