Golpistas pretendem votar fim da CLT e aprovar terceirização na terça-feira

Compartilhar:

Dando sequência aos ataques contra os trabalhadores no país, os golpistas pretendem votar na próxima terça-feira, 21, o PL 4302, que regulamenta a terceirização na atividade fim das empresas. Cabe ressaltar que o PL é tão nocivo aos trabalhadores, que o mesmo foi elaborado durante o Governo de Fernando Henrique Cardoso (PSDB), aquele mesmo governo que jogou 40 milhões de pessoas na mais completa miséria.

O projeto de terceirização, muito almejado pelos grandes capitalistas e golpistas depois que assaltaram o poder, é um duro ataque aos direitos trabalhistas, pois favorece que os capitalistas explorem ainda mais os trabalhadores, através do não pagamento de benefícios, redução de salários, aumento de jornadas de trabalho (12h), falta de segurança no trabalho, não pagamento de rescisões aos trabalhadores de empresas que fecharem, não cumprimento de nenhum direito do trabalhador, desvinculação do sindicato e por aí vai.

São inúmeras os ataques que o trabalhador sofrerá com a aprovação desse projeto dos golpistas. É um verdadeiro roubo em favor dos grandes capitalistas, que odeiam profundamente os direitos dos trabalhadores, conquistados através de muita luta pela classe operária ao longo dos anos.

É preciso que a CUT, maior central sindical do país e demais movimentos sociais e populares convoquem manifestações contra esse ataque e que denuncie o caráter golpista do mesmo, esclarecendo para os trabalhadores que todos esses roubos estão intimamente ligados ao programa do golpe de Estado, que visa acabar com os direitos mais elementares dos trabalhadores. Somente uma luta de conjunto que derrote os golpistas pode barrar o fim de todos os direitos da população.

artigo Anterior

10 coisas que você não sabia sobre Chuck Berry, o pai do Rock

Próximo artigo

Acordo com o PSDB: carreiristas do PT entrevam a luta contra o golpe

Leia mais

Deixe uma resposta