PCO participa na ala dos operários no cordão carnavalesco Kolombolo

Compartilhar:

Nesse sábado, dia 18, os militantes e simpatizantes do PCO caíram na folia junto com os companheiros do cordão carnavalesco Kolombolo Diá Piratininga, que desfilou pela ruas da zona Oeste de São Paulo.

A partir das 14 horas os filões começaram a se concentrar na rua Belmiro Braga, em frente à se do Kolombolo. O cortejo do cordão, que é um dos mais tradicionais de São Paulo, começou por volta das 16 horas e só terminou às 19 horas, passando por várias ruas da Vila Madalena, bairro tradicional do carnaval paulistano.

Nessas cinco horas de atividade, uma multidão se juntou ao bloco para cantar, sambar e protestar.

Os militantes e simpatizantes do PCO organizaram uma ala operária no cordão, com reivindicações políticas, contra o golpe, contra as medidas dos golpistas, em defesa de um carnaval do povo. As manifestações de todos os que passavam por ali foi de total apoio à iniciativa, mostrando que a maioria do povo não quer o golpe.

O desfile do Kolombolo mostrou que o carnaval é do povo e por isso a direita quer acabar com essa manifestação cultural.

A programação carnavalesca do PCO continua. No próximo sábado, dia 25, ocorre o primeiro Baile de Carnaval do Centro Cultural Benjamin Perét (CCBP) , com tradicionais marchinhas de carnaval com a banda Charanga e muito samba com a bateria da escola de samba Em cima da hora e o samba paulista de raiz com os companheiros do Kolombolo. Entre em contato para maiores informações. A programação termina no dia 27, quando o PCO participa com os companheiros da escola de samba Em cima da hora do desfile da 3ª divisão de São Paulo.

 

artigo Anterior

MBL ataca novamente: a esquerda precisa reagir contra esses capachos do imperialismo

Próximo artigo

Um favor aos golpistas: bancada do PT votou a favor de lei antipichação

Leia mais

Deixe uma resposta