Matéria covarde e mentirosa do Estadão põe em risco vida de juiz do Amazonas

Compartilhar:

No blog O Cafezinho:

O nível de mau caratismo (para ser delicado, porque o certo seria dizer nível de bandidagem) da nossa imprensa tornou-se insuportável. Já era uma imprensa mercenária e covarde antes do golpe, agora, que viu a sua conspiração vagabunda dar certo, tornou-se mercenária, arrogante e perigosa.

O blog do Fausto Macedo, do Estadão, acaba de cometer uma inominável calhordice contra o juiz do Amazonas, horas depois dele arriscar sua própria vida para pôr fim numa sangrenta rebelião de presos num presídio do Amazonas.

Agora é assim: não satisfeita de se aliar aos setores mais podres, corporativos e autoritários do judiciário, para implementar um regime reacionário e truculento, a imprensa agora assassinato de reputação contra os magistrados que não fazem parte da panelinha do golpe.

Ou seja, cortejam os juízes mais covardes e midiáticos, como aqueles do Paraná, e tentam destruir os melhores membros da instituição.

A Lava Jato, sempre é bom lembrar, é tão podre, que há tempos procura envolver o juiz Marcelo Navarro Dantas, do STJ, nas investigações, apenas porque este é crítico à operação e teve coragem de se posicionar assim em reuniões de sua turma.

artigo Anterior

Não basta “bandido morto”, juiz progressista morto também é bom para direita golpista

Próximo artigo

“Para quem não basta “bandido morto”, juiz morto também é indiferente”

Leia mais

Deixe uma resposta