O fracasso dos golpistas contra “Aquarius”

Compartilhar:

Para um balanço de 2016 em que o assunto seja cinema, o destaque incontestável em todos os sentidos vai ser “Aquarius” . O filme odiado pelos golpistas. O filme que apesar de não ganhar nenhum prêmio no Festival de Cinema de Cannes causou a maior polêmica internacional do festival. O filme que marcou o retorno da musa brasileira Sônia Braga ao cinema brasileiro. O segundo filme do pernambucano Kleber Mendonça Filho. O filme que virou símbolo de resistência ao golpe de estado no Brasil depois do protesto em Cannes. O filme que gerou protestos contra Temer em praticamente todas as sessões em que foi exibido no País. O filme que foi censurado, boicotado e perseguido pelos golpistas e coxinhas. O filme acontecimento do ano. O filme contra o golpe.

Apesar das inúmeras tentativas do governo golpista de perseguir e podar o lançamento  de “Aquarius” nos cinemas dentro e fora do País o filme se tornou um sucesso nacional e internacional. O mérito não está apenas no protesto da equipe em Cannes em maio deste ano que provocou o surgimento de uma legião de fãs e apoiadores.

“Aquarius”, para os que não viram, é extremamente bem realizado em todos os ramos da arte cinematográfica, da iluminação à trilha sonora, passando pelo elenco, roteiro e direção. E este apuro técnico e artístico foi reconhecido nacional e mundialmente o que levou ao fracasso de toda a investida do governo golpista em acabar com a imagem do filme.

Apesar da armação contra o filme para que não tentasse uma vaga entre os cinco indicados a filme estrangeiro do Oscar, o filme foi um dos mais divulgados filmes brasileiros fora do Brasil. Ganhou mais de 20 prêmios em festivais em vários países como Amsterdã, Sidney e Havana. Está em várias listas dos melhores filmes de 2016.

A perseguição golpista ao filme não deu certo e deixou o filme e tudo que ele representa, uma resistência, mesmo que indireta ao golpe, muito mais em evidência.

artigo Anterior

Feliz “1917”

Próximo artigo

Desemprego cresce 30% e dispara depois do golpe

Leia mais

Deixe uma resposta